Quadro de Van Gogh é furtado de museu holandês durante quarentena

Obra estava no Singer Laren, instituição fechada desde o dia 12 de março por causa da pandemia de coronavírus

Toby Sterling Anthony Deutsch
Amsterdã | Reuters

Ladrões furtaram uma pintura de Vincent van Gogh do Museu Singer Laren, na Holanda, durante a noite desta segunda-feira (30).

A galeria, na cidade de Laren, a leste de Amsterdã, está atualmente fechada ao público devido à pandemia de coronavírus.

A pintura “Lentetuin”, ou “Jardim da Primavera” (originalmente chamada "The Parsonage Garden at Nuenen in Spring") que representa o jardim da reitoria de Nuenen, e feita em 1884, havia sido emprestada pelo Museu Groninger, na Holanda.

“Estou chocado e absolutamente irritado que isso tenha acontecido”, disse Jan Rudolph de Lorm, diretor do Museu Singer Laren, em um vídeo postado no YouTube.

 "The Parsonage Garden at Nuenen in Spring" (1884), de Vincent van Gogh
"The Parsonage Garden at Nuenen in Spring" (1884), de Vincent van Gogh - Groninger Museum

“Esta obra de arte esplêndida e comovente de um dos nossos grandes artistas foi furtada, tirada da comunidade”, afirmou ele.

A polícia disse que os ladrões forçaram as portas da frente de vidro do prédio por volta das 3h15 no horário local.

A pintura furtada mostra uma mulher em um jardim com arbustos esparsos de flores vermelhas e a igreja ao fundo.

Os museus holandeses estão fechados por causa do surto de coronavírus desde o dia 12 de março.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.