Descrição de chapéu Artes Cênicas

Terrence McNally, dramaturgo da Broadway, morre aos 81 com Covid-19

Escritor recebeu quatro prêmios Tony, principal reconhecimento do teatro americano

São Paulo

O dramaturgo Terrence McNally morreu nesta terça-feira (24), no estado americano da Flórida, por complicações causadas pelo novo coronavírus, aos 81 anos.

Quatro vezes premiado pelo Tony –principal reconhecimento do teatro americano–, McNally já produziu diversos espetáculos na Broadway. Entre eles, os dois musicais mais conhecidos são "Ragtime", de 1998, e um adaptação de "O Beijo da Mulher-Aranha", feita em 1995 com base no filme de Hector Babenco da década anterior. Ambos receberam o Tony.

O dramaturgo Terrence McNally em 2019, na California
O dramaturgo Terrence McNally em 2019, na California - Frederick M. Brown / AFP

McNally é autor também de "Master Class", espetáculo com o qual a atriz brasileira Christiane Torloni vem viajando o Brasil desde 2015. A peça simula uma aula que a lenda dos palcos Maria Callas oferece a alunos selecionados.

O papel também foi um dos principais da carreira de Marília Pêra, que venceu diversos prêmios por sua interpretação nos anos 1990.

“A maioria das pessoas pensa que escrever é sobre escrever diálogos. Mas, na verdade, é sobre observar a ação. Eu não penso 'o que devo escrever a seguir'. Uma ideia vem", disse McNally ao jornal The New York Times, no ano passado. "Se alguém me dissesse 'você poder escrever uma peça para as próximas duas semanas?' e me desse quatro atores de que eu gosto, eu poderia escrever. Eu gosto de imaginar as vozes", afirmou.

O artista deixa seu marido Tom Kirdahy.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.