Descrição de chapéu Livros Coronavírus

Festa do Dia do Livro na Espanha tem nova data por causa do coronavírus

Celebração de Saint Jordi em que romances e flores são distribuídos é adiada para julho

São Paulo

A tradicional celebração do dia de Sant Jordi na Catalunha, na Espanha, acontecerá de uma maneira diferente neste ano: a data, originalmente comemorada em 23 de abril, foi adiada para 23 de julho, e o Departamento de Cultura municipal está disponibilizando uma série de atividades online relacionadas ao tema. As mudanças ocorrem devido às medidas de isolamento social adotadas pelo país para diminuir a disseminação do novo coronavírus.

A festa, que ocorre anualmente, acontece tradicionalmente no dia de São Jorge, padroeiro dos catalães, e funciona como comemoração do Dia dos Namorados e ao Dia Mundial do Livro. É comum que as pessoas presenteiem umas às outras com flores e livros.

Pessoas na festa de Sant Jordi na Catalunha, na Espanha, no dia 23 de abril de 2019
Pessoas na festa de Sant Jordi na Catalunha, na Espanha, no dia 23 de abril de 2019 - Josep Lago / AFP

A Câmara dos Livros da Catalunha informou a nova data prevista em um comunicado oficial, no dia 20 de abril, e enviou a diferentes administrações públicas uma lista de medidas estruturais para lidar com os riscos que a pandemia da Covid-19 oferece ao setor editorial local.

"Contudo, incentivamos todos a celebrarem o dia de Sant Jordi em casa no dia 23 de abril", informou em nota os organizadores da Câmara. Nesta quarta-feira (23), o Departamento de Cultura da Catalunha fez um tuíte divulgando um link com as atividades que podem ser realizadas online para celebrar a data.

"Estamos cientes de que medidas de isolamento social ainda terão que ser mantidas naquele dia (23 de julho) para proteger a saúde de todos, mas já concordamos em encontrar diferentes fórmulas ou cenários apropriados para a celebração", disse Patrici Tixis, presidente da Câmara dos Livros da Catalunha ao jornal El País.

Para promover a solidariedade em meio à pandemia do novo coronavírus, diversas inciativas têm sido criadas para celebrar a data. O projeto "Cap Sant Jordi Sense Rosa" permite a compra de flores virtuais para que as pessoas presenteiem umas às outras, e todo dinheiro arrecadado será doado ao hospital Clínic de Barcelona. Outro exemplo é o Grêmio de Floristas da Catalunha, que doou 3.000 rosas aos profissionais da saúde do hospital Bellvitge, na Catalunha, como forma de apoio ao setor de floricultura local e ao combate ao novo coronavírus.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.