Descrição de chapéu
Escuta Aqui

Em podcast, Cid Moreira brinca com a solenidade evocada por sua voz

Os trejeitos estão tão ressaltados que parece que estamos ouvindo o Cid imitar um imitador caricato dele

Bom Dia, Cid Moreira

  • Quando Diariamente
  • Onde Deezer

“Bom Dia, Cid Moreira” é o nome do novo podcast do jornalista com uma das vozes mais queridas da televisão brasileira. Por mais de 25 anos à frente do Jornal Nacional, da Globo, e leitor de gravações da Bíblia, agora Cid vem para nos ajudar a refletir durante os dias difíceis da quarentena. Ele tem 92 anos.

O podcast matinal diário estreou nesta semana, no Deezer, e é bem rápido, como se fosse uma canção do top dez com duração de três minutos ou menos. Também é bem engraçado. Mesmo sem contar piadas, há tempos que Moreira sabe brincar com a solenidade e drama evocados por sua voz super-reconhecível —vide o sucesso de seu antigo quadro no Fantástico com o mágico Mr. M, para ficar em um exemplo.

O programa de estreia, “Vai Passar”, com três minutos e quatro segundos, começa com uma apresentação do projeto. “Bom dia, gente, tudo bom? Sim, sou eu mesmo. Estarei aqui com vocês aqui na Deezer diariamente refletindo sobre o que estamos passando nesses dias. Você me acompanha no meu primeiro podcast?”

A voz vem sorridente e cheia de tremeliques. Os trejeitos de Cid Moreira estão tão ressaltados que parece que estamos ouvindo o Cid imitar um imitador caricato dele.

“Como vai o equilíbrio mental diante dessa enxurrada de informações que recebemos a cada instante sobre a pandemia? Se a gente não cuidar da nossa cabeça, podemos enlouquecer”, segue o locutor.

Ele então receita calma, cita Jesus Cristo e fala de seu cotidiano durante a quarentena, fazendo pilates, tomando sol quando possível e falando com os amigos só por telefone ou redes sociais.

No segundo episódio, “O Agora”, Cid nos convida a fazermos de hoje o melhor dia de nossas vidas. A propósito, é hoje que posso dançar aqui dentro de casa, ou na chuva, se ela cair. Só hoje. O amanhã, esse infinito incerto, não me pertence.”

Já no programa do último dia 29, o tema o foi “O que Importa”. E o que importa, Cid? “Será que ter o último modelo daquele carrão esporte, ou aquela roupa de grife, vai me tornar mais feliz ou realizado? Ou são coisas simples e delicadas como um abraço ou um sorriso? Pensem bem, meus amigos!”

O podcast está programado para ter 36 episódios, que foram escritos por ele e sua mulher, Fátima Sampaio. As gravações vão ao ar de segunda a sexta, sempre pelas manhãs.

“Creio que a maior mensagem é que as pessoas saibam do potencial delas, como elas são interessantes e também têm as suas histórias para contar. Falar dos meus medos e alegrias, acredito eu, pode servir para demonstrar isso. Falar de esperança e do bom humor como grandes remédios, junto com o amor e a fé, para motivar a caminhada mais leve”, disse o jornalista ao UOL.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.