Descrição de chapéu Livros

Companhia das Letras não vai ter estande na Bienal do Livro de São Paulo

Devido ao coronavírus, uma das principais editoras brasileiras descarta possibilidade de estar na feira neste ano

São Paulo

A editora Companhia das Letras anunciou, nesta quarta-feira (17), que não participará presencialmente da próxima Bienal do Livro de São Paulo neste ano, adiada para acontecer entre os dias 30 de outubro e 8 de novembro.

Em nota, a editora afirma que não estará no evento com um estande como de costume, mas se compromete com outro tipo de apoio.

"Somos associados e parceiros da Câmara Brasileira do Livro nesse evento fundamental", diz o comunicado. "Manifestamos –como é natural– nossa apreensão com os eventos de massa durante a pandemia do coronavirus, mas isso não significa que não prestigiaremos a Câmara em suas atividades em defesa do livro e da leitura no Brasil."

A Câmara Brasileira do Livro, por sua vez, comunicou em nota que seus organizadores têm acompanhado atentamente os desdobramentos da pandemia da Covid-19 e, assim, estão avaliando os cenários possíveis.

"Estamos sempre colocando em primeiro lugar a segurança dos visitantes e expositores, cuja participação é uma decisão de cada empresa e que respeitamos", diz o comunicado.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.