Descrição de chapéu Cinema

Produtores de 'Democracia em Vertigem', de Petra Costa, passam a votar no Oscar

Entre os novos membros da Academia, estão os cineastas Otto Guerra, de 'A Cidade dos Piratas', e Julia Bacha, de 'Brudus'

São Paulo

Sete brasileiros ganharam destaque na lista divulgada pelos organizadores do Oscar na última terça-feira (30), que anunciou os novos membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, e agora, o país terá maior participação na principal premiação de cinema do mundo.

Entre os nomes anunciados, há os produtores Mariana Oliva e Tiago Pavan, de "Democracia em Vertigem" —documentário que foi indicado ao Oscar neste ano e dirigido por Petra Costa, que já compõe a Academia desde 2018—, Otto Guerra, de "A Cidade dos Piratas", Cristina Amaral, de "Um Filme de Verão", Julia Bacha, de "Brudus" e Vincent Carelli, de "Martírio".

"Digam 'olá' para a nossa nova classe de membros da Academia", diz um tuíte da organização ao revelar a lista de integrantes.

Em nota, a Academia afirmou que já ultrapassou a meta estabelecida há quatro anos para aumentar a diversidade do grupo até o ano de 2020. Entre os 819 novos membros, 33% são mulheres e 19% são de "comunidades étnicas que eram pouco representadas [na premiação]".

Além disso, Kleber Mendonça Filho, de "Bacurau" Rodrigo Teixeira, de "Me Chame pelo Seu Nome", e outros nomes do cinema brasleiro já fazem parte da Academia.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.