Canal pago exibe três filmes em que as lésbicas estão no centro da trama

Veja os destaques da programação desta quinta-feira (27)

São Paulo

O Dia da Visibilidade Lésbica é celebrado no próximo sábado (29), mas os canais Telecine vêm promovendo lives e exibindo longas temáticos ao longo de todo o mês.

Nesta quinta (27), uma maratona reúne três obras com protagonistas lésbicas —“Rafiki” (20h25, 14 anos), o primeiro filme do Quênia a abordar um romance entre duas mulheres; “O Mau Exemplo de Cameron Post” (22h, 16 anos), sobre uma adolescente enviada a uma clínica de “cura gay”; e “Retrato de uma Jovem em Chamas” (23h40, 14 anos), em que uma pintora se apaixona por sua modelo na França do século 18.

Telecine Cult, a partir de 20h25


Café Filosófico CPFL – Fica em Casa

Djamila Ribeiro, filósofa e colunista da Folha, discorre sobre como a pandemia ressaltou a desigualdade e o racismo estrutural.

Facebook do Instituto CPFL e YouTube do Café Filosófico, 18h

Rodrigo Teixeira e Lourenço Mutarelli

O produtor de cinema Rodrigo Teixeira (“A Vida Invisível”) conversa ao vivo com o escritor, quadrinista e ator Lourenço Mutarelli (“Que Horas Ela Volta?”).

Instagram da RT Features, 19h


Os Anos JK – 40 Anos

As quatro décadas do documentário de Silvio Tendler são marcadas por um debate entre o cineasta, o crítico Amir Labaki, a historiadora Maria Victoria Benevides e o advogado Marcello Cerqueira.

Facebook da Caliban Cinema e Conteúdo, 19h


Dança #EmCasaComSesc

A bailaria e coreógrafa mineira Dudude Hermann apresenta ao vivo, diretamente de sua casa, o espetáculo solo “Danças Guardadas pela Casa”.

YouTube e Instagram do Sesc SP, 21h30, grátis


Muitas Vidas

Neste podcast, o jornalista Chico Felitti conta histórias de pessoas que morreram de Covid-19. Um novo episódio é lançado toda quinta. Quatro já estão disponíveis —inclusive um sobre Miss Biá, drag queen pioneira da noite de São Paulo, morta em junho passado.

Aplicativo Orelo, grátis (com propaganda)

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.