Descrição de chapéu Games

Nintendo voltará a ter distribuição oficial no Brasil já em setembro

Console da marca, o Switch, terá preço sugerido de R$ 3.000

Belo Horizonte

A Nintendo anunciou a data de 18 de setembro como o início da distribuição oficial no Brasil do console Nintendo Switch, que estará disponível a um preço sugerido de R$ 2.999. Antes de ter distribuição oficial no país, o console importado podia ser comprado em plataformas online —entre meados do ano passado e o início deste ano, o Switch podia ser adquirido no Brasil a preços que variavam entre R$ 1.700 e R$ 2.000.

Desde janeiro de 2015 a fabricante japonesa não distribuía seus produtos oficialmente no Brasil.

Na época, o diretor para a América Latina da Nintendo disse que "o Brasil é um mercado importante para a Nintendo e lar de muitos fãs apaixonados mas, infelizmente, desafios no ambiente local de negócios tornaram nosso modelo de distribuição atual no país insustentável".

Ele acrescentou que "esses desafios incluem as altas tarifas sobre importação que se aplicam ao nosso setor e a nossa decisão de não ter uma operação de fabricação local".

A empresa já vinha dando sinais de reaproximação desde 2018. Em junho daquele ano, sem fazer alarde, lançou uma loja online direcionada ao público brasileiro. Em outubro, lançou cartões pré-pagos para jogos de Switch.

Em 2019, depois de sete anos sem dar as caras como exibidora na BGS, a Brasil Game Show, a fabricante teve um estande de mil metros quadrado na feira de jogos eletrônicos que se anuncia como a maior da América Latina.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.