Descrição de chapéu Multitela Televisão

Novo filme de Charlie Kaufman, de 'Adaptação', estreia na Netflix

Confira os destaques de programação desta segunda (7)

São Paulo

Vencedor do Oscar de roteiro original por “Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças”, de 2004, e diretor da animação para adultos “Anomalisa”, de 2015, Charlie Kaufman volta a filmar com atores em "Estou Pensando em Acabar com Tudo", longa da Netflix que não passou pelos cinemas.

Na trama, a visita de uma moça aos estranhos pais do namorado faz com que ela comece a questionar tudo à sua volta. O elenco inclui Jessie Buckley (“As Loucuras de Rose”) e Toni Collette (“Hereditário”).

Netflix, 16 anos


​Que os Mortos Enterrem Seus Mortos

Maria Fernanda Cândido e Helena Ranaldi fazem uma leitura dramática do texto de Samir Yazbek sobre uma mulher que volta ao Líbano de seus pais. Ingressos no Sympla.

Zoom, 20h, 14 anos, grátis


​Amélio, O Homem de Verdade

Na nova série nacional, Thierry Figueira faz um homem que é bom cozinheiro, bom ouvinte e bom amante, despertando ciúmes em sua mulher (Natallia Rodrigues).

Prime Box Brazil, 20h30, 14 anos


​Roda Viva

A historiadora e antropóloga Lilia Schwarcz —que foi criticada nas redes depois de publicar um artigo sobre Beyoncé na Folha— é a entrevistada desta segunda (7). Paula Carvalho, editora-assistente da revista Quatro Cinco Um, está na bancada.

Cultura, 22h, 12 anos


Bloodshot

Vin Diesel vive um soldado que, depois de morto, é transformado numa espécie de superandroide. Adaptado de uma HQ, este filme de ação é uma variante de “Robocop”.

HBO 2, 22h, 14 anos


Viva - A Vida É Uma Festa

A premissa parece sombria —um garoto mexicano visita o mundo dos mortos. Mas o filme da Pixar, vencedor do Oscar de 2017, tem visual esfuziante e belas canções.

Globo, 22h45, livre


32 Comprimidos: A Vida Sem Minha Irmã

O canal adere à campanha pela prevenção do suicídio e exibe o documentário da nova-iorquina Hope Litoff sobre sua irmã Ruth, que se matou.

GNT, 0h15, 16 anos

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.