Coronel do Exército assume a direção de setor de pesquisas da Funarte

Álvaro Roberto Cruz Ferreira Lima foi nomeado para coordenar documentações e estudos da instituição

São Paulo

O coronel do Exército Álvaro Roberto Cruz Ferreira Lima foi nomeado diretor do Centro de Programas Integrados da Funarte, a Fundação Nacional de Artes. A nomeação foi publicada nesta quinta-feira (8) pelo Diário Oficial da União e assinada pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

Lima, que foi comandante da organização militar Centro de Estudos de Pessoal e Forte Duque de Caxias entre os anos de 2013 e 2016, assume agora a pasta da Funarte responsável por gerir a documentação da instituição e coordenar pesquisas e estudos de sobre a arte nacional.

O militar assume o cargo cerca de três semanas após a nomeação do coronel Lamartine Barbosa Holanda à presidência da Funarte, ocorrida após a exoneração de Luciano da Silva Barbosa Querido, ex-assessor do vereador Carlos Bolsonaro, em 14 de setembro.

Rosto de homem sorrindo
Coronel Álvaro Roberto Cruz Ferreira Lima - Exército/Reprodução

Apesar de ter sido exonerado da presidência, Querido voltou a ser nomeado na Funarte pouco tempo depois, para exercer o cargo de diretor do Centro de Artes Visuais da instituição, em 1º de outubro, substituindo Leila Santos, que ocupava o posto desde o início de janeiro.

A Funarte tem como missão promover e incentivar a produção, a prática, o desenvolvimento e a difusão das artes no país. O órgão é responsável pelas políticas públicas federais de estímulo à atividade artística brasileira.

Erramos: o texto foi alterado

Uma versão anterior deste texto informava em seu título que Álvaro Roberto Cruz Ferreira Lima assumiu a presidência de um setor de pesquisas da Funarte, quando na verdade o cargo que ele assumiu é o de direção. O texto foi corrigido. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.