Descrição de chapéu Multitela

Daniel Radcliffe vive um ativista anti-apartheid preso no filme 'Fuga de Pretória'

Confira os destaques da programação desta sexta (23)

São Paulo

​Interrompida pela pandemia, a sessão "TNT Original" está de volta, com filmes feitos pelo selo Particular Crowd. A reestreia traz Daniel Radcliffe num papel inesperado por quem se acostumou a ver o ator como o bruxinho Harry Potter: o ativista sul-africano Tim Jenkin, preso por ações contra o apartheid no final da década de 1970. O longa chega à TV paga enquanto ainda está em cartaz em alguns cinemas e drive-ins brasileiros.

TNT, 22h30, 12 anos


Pandêmicos
Nesta websérie cômica em oito episódios, dois casais são forçados a passarem juntos a quarentena. Carolina Ferraz produz e interpreta uma das protagonistas, ao lado de Otávio Martins, Juliana Araripe e Thiago Albanese. A direção é de Peu Lima.

YouTube de Carolina Ferraz, grátis


Guató: Uma Remada no Tempo
Os remadores de stand-up paddle Américo Pinheiro e Lena Ribeiro exploram o Pantanal em busca dos guatós, uma etnia indígena dada como extinta na década de 1970.

Off, 21h30, livre


Música na Band
Sucesso da década de 1990, os irmãos Kiko, Leandro e Bruno Scornavacca —mais conhecidos como o trio —KLB se apresentam ao vivo diretamente dos estúdios da emissora em São Paulo.

Band, 22h50, livre


Globo Repórter
Em programa inédito, Daniela Golfieri percorre o deserto peruano. Entre as maravilhas encontradas estão o Cerro Blanco, uma das dunas mais altas do mundo, e a múmia de uma rainha, com mais de 1.700 anos.

Globo, 23h, livre


Férias Frustradas em Las Vegas
Nesta comédia de 1997, Chevy Chase faz um sujeito que leva a família para uma temporada em Las Vegas, a capital da jogatina nos Estados Unidos. Claro que dá tudo errado.

SBT, 23h15, livre


FBI
A nova atração da "Sessão Globoplay" é esta série inédita na TV aberta que acompanha a movimentada rotina de um escritório do FBI, a polícia federal americana.

Globo, 23h55, 16 anos

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.