Descrição de chapéu Ao Vivo em Casa

Fabiana Cozza fala sobre novo disco e negritude no Ao Vivo em Casa, às 17h

Cantora explica processo criativo de 'Dos Santos', álbum que ela define como 'um manifesto poético antirracista'

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A cantora Fabiana Cozza, de 44 anos, conhecida por apresentações devotadas a grandes sucessos do samba, é a convidada desta sexta-feira (9) na série Ao Vivo Em Casa, da Folha.

Após lançar recentemente o álbum "Dos Santos”, a artista fala com a Marina Lourenço, do Núcleo de Cultura da Folha, sobre o processo de criação artística da obra, que ela define como "um manifesto poético antirracista" de sua parte.

Além disso, a cantora fala sobre o que tem feito no período da pandemia do novo coronavírus, que a obrigou a ficar longe dos palcos por tempo indeterminado.

Filha do sambista Oswaldo dos Santos Cozza, a cantora ganhou destaque com performances que celebram o samba, a negritude e o candomblé, elementos também muito presentes no novo álbum, recheado de referências a religiões de matriz africana.

O Ao Vivo em Casa é transmitido no site da Folha e também em seu canal no YouTube, em que é possível mandar perguntas para os entrevistados.

Mulher sorri com fundo vermelho
Arte com rosto da cantora Fabiana Cozza - Núcleo de Imagem da Folha
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.