Morte de Van Halen partiu meu coração, diz Gene Simmons; veja reações

Astros do rock e do metal lamentam perda de guitarrista, que tinha câncer de garganta

São Paulo

Músicos de rock e de metal lamentaram a morte do guitarrista Eddie Van Halen nesta terça (6).

"Meu coração está partido. Eddie não era somente um deus da guitarra, mas uma alma genuinamente bonita. Descanse em paz, Eddie!", postou numa rede social Gene Simmons, um dos fundadores do Kiss.

Geezer Butler, um dos criadores do Black Sabbath, falou que achava que 2020 não poderia piorar, até saber da morte de Van Halen. "Um verdadeiro cavalheiro e um verdadeiro gênio", afirmou em seu Twitter.

Também do Black Sabbath, o guitarrista Tony Iommi se disse arrasado pela morte do amigo, que considerava uma pessoa especial.

“Sinto muito”, disse o vocalista e guitarrista da banda punk Green Day, Billie Joe Armstrong, num comentário na foto do Instagram em que o filho de Van Halen, Wolfgang, anunciou a morte do pai.

Ex-baterista da banda de heavy metal progressivo Dream Theater, Mike Portnoy se disse chocado e enviou suas condolências.

“Sem palavras”, postou no Instagram Ray Luizer, baterista da banda de nu metal Korn.

O baixista Flea, dos Red Hot Chili Peppers, disse que ele era um inovador ousado e tinha um grande coração.

“É uma grande perda para a comunidade toda de guitarra. Ele sempre brilhante, renovador na guitarra, ele faz um groove da música de uma categoria altíssima, lamento muito", diz o brasileiro Frejat.

Um dos guitarristas mais influentes da história do rock, Van Halen morreu após cerca de uma década se tratando de um câncer.

Com seu irmão, ele criou a banda de mesmo nome, muito influente no final da década de 1970 e nos anos 1980. O grupo vendeu mais de 80 milhões de discos no mundo todo.

Seu último disco, “A Different Kind of Truth”, saiu em 2012, e a turnê derradeira foi em 2015.

Erramos: o texto foi alterado

Mike Portnoy é ex-baterista da banda de heavy metal progressivo Dream Theater, e não guitarrista. O texto foi corrigido. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.