Descrição de chapéu Multitela

Documentário revisita o impacto da Ilustrada no final da ditadura militar

Veja os destaques da programação desta quinta (3)

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O governo de João Figueiredo, último presidente da ditadura, foi marcado pela anistia, pelas Diretas Já e por uma inédita agitação na cena artística. Novos nomes tomaram de assalto o teatro, as artes plásticas e a música popular. E a Ilustrada cobriu tudo de maneira irreverente, renovando o jornalismo cultural brasileiro.

O documentário "Não Estávamos Ali para Fazer Amigos", de Miguel Almeida e Luiz R. Cabral, produzido pela Cultura em parceria com a Folha e com a Plateau Produções Artísticas, registra esse período, e também marca o início das comemorações do centenário do jornal na emissora.

Cultura, 22h45, 12 anos

Cena do documentário 'Não Estávamos Ali Para Fazer Amigos' - Reprodução

Vozes da Floresta

O documentário de Betse de Paula mostra lideranças femininas, entre indígenas, ribeirinhas, quilombolas e extrativistas, que lutam pela preservação da Amazônia e pelos direitos das mulheres na região.

Canal Brasil, 17h25, 12 anos


Debate 'Persona Non Grata'

O brasileiro Renato Ciasca, roteirista do filme "O Invasor" (2002), de Beto Brant, conversa ao vivo com seu colega francês Olivier Gorce, que adaptou o longa brasileiro para o remake "Persona Non Grata", em exibição no festival.

Facebook e YouTube do Festival Varilux de Cinema Francês, 18h


Acesso

O curta de Julia Leite discute o espaço público da cidade de São Paulo durante a pandemia de coronavírus através das memórias de cinco pessoas LGBTQIA+.

Plataforma do Sesc Cultura ConVIDA, 19h, livre


Verona

"Romeu e Julieta", de Shakespeare, tem sua trama transportada para os dias de hoje nesta minissérie em quatro episódios, ambientada na fronteira entre o Brasil e o Uruguai. O elenco é encabeçado por Lucas Zaffari e Marcela Fetter.

Prime Box Brazil, 21h, 14 anos


Quem Roubou Meu Samba?

Ankito estrela esta chanchada de 1958, baseada em uma peça de Silveira Sampaio e dirigida por José Carlos Burle. Os números musicais incluem Marlene, Angela Maria e Virgínia Lane.

TV Brasil, 22h30 e 2h30, 12 anos

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.