Descrição de chapéu BBC News Brasil Cinema

Os 22 filmes que devem dominar o Oscar e o Globo de Ouro em 2021

Confira os longas que mais receberam elogios desde sua estreia e que já alcançaram, ou espera-se que alcancem, o maior número de indicações na temporada de premiações de Hollywood

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

BBC News Brasil

Mais um ano de pandemia, mais uma temporada atípica de premiações de filmes. Pelo segundo ano consecutivo, o coronavírus fechou cinemas e consolidou plataformas online. Com tudo isso, as produções continuaram a estrear, e algumas já começaram a ser indicadas aos prêmios mais importantes do cinema americano.

Confira uma lista dos 22 títulos que mais receberam elogios desde sua estreia e que já alcançaram —ou se espera que alcancem— o maior número de indicações na temporada de premiações de Hollywood.

Nomadland

Estrelado por Frances McDormand e David Strathairn, "Nomadland", de Chloé Zhao, conta a história de uma mulher que perde o emprego numa pequena cidade e decide se tornar nômade, viajando numa van pelo oeste dos Estados Unidos.

Depois de vencer os festivais de Veneza e Toronto, o filme de Chloé Zhao recebeu vários elogios da crítica por sua comovente narrativa da vida íntima de seus personagens.

Os 7 de Chicago

Sacha Baron Cohen, Mark Rylance e Eddie Redmayne, entre outros, interpretam um grupo de manifestantes contrários à Guerra do Vietnã que estão sendo julgados depois de um protesto que acabou emviolência.

Dirigido por Aaron Sorkin, "Os 7 de Chicago" tem sido elogiado pela crítica, principalmente pelas atuações de seus protagonistas, em especial Baron Cohen, que talvez seja o que tem mais chance de ser premiado como ator coadjuvante.

Mank

Com sua homenagem a um dos melhores filmes da história, "Mank" relata o processo criativo de Herman J. Mankiewicz no desenvolvimento do roteiro de "Cidadão Kane", de 1941.

Estrelado por Gary Oldman, Amanda Seyfried, Lily Collins, Charles Dance e Tom Burke, o filme provavelmente vá impressionar a Academia ao explorar como um clássico do cinema americano foi escrito.

O diretor David Fincher, que nunca ganhou um Oscar, pode estar na lista de indicações.

A Maldição da Chorona

O filme "A Maldição da Chorona", de Jayro Bustamante, tem sido uma das grandes surpresas do cinema latino-americano, após ser o primeiro filme guatemalteco a receber uma indicação de melhor filme estrangeiro no Globo de Ouro.

A história retoma um famoso mito hispano-americano —da mulher que afogou seus filhos e cuja alma, arrependida e amaldiçoada, os procura chorando à noite— para relatar um fato verdadeiro: o chamado genocídio maia ou guatemalteco, um das piores atrocidades da história da América Latina.

Minari

Vencedor do festival de Sundance em 2020, o filme de Lee Isaac Chung conta a história de uma família coreana que se muda para a zona rural do estado de Arkansas, nos Estados Unidos, para tentar ganhar a vida com a agricultura.

É estrelado por Steven Yeun, Han Ye-ri, Alan Kim e Youn Yuh-jung, cuja interpretação da avó da família lhe rendeu muitos elogios.

A Voz Suprema do Blues

"A Voz Suprema do Blues", filme de George C. Wolfe, gira em torno dos eventos de uma tempestuosa sessão de gravação em 1927. Viola Davis interpreta uma respeitada cantora de blues.

Além do desempenho de Davis, os críticos elogiaram a atuação de Chadwick Boseman, morto em agosto do ano passado. Até o momento, o único artista a ganhar um Oscar de melhor ator principal postumamente foi Peter Finch por "Rede de Intrigas", de 1976. Heath Ledger ganhou um Oscar póstumo de melhor ator coadjuvante por "Batman: O Cavaleiro das Trevas", em 2009.

O Som do Silêncio

O filme "O Som do Silêncio" narra as vicissitudes de um baterista e das pessoas ao seu redor após o músico descobrir que está perdendo a audição. O longa tem sido elogiado pelas atuações de Riz Ahmed, Olivia Cooke e Paul Raci.

Darius Marder é um forte candidato à indicação de melhor diretor no Oscar, e será uma grande surpresa se o filme não estiver na lista de indicados para melhor filme.

Uma Noite em Miami

"Uma Noite em Miami" é um relato fictício de uma noite na década de 1960 quando o boxeador Muhammad Ali, o ativista Malcolm X, o cantor e compositor Sam Cooke e o jogador da liga de futebol americano Jim Brown se encontraram em Miami.

Sua diretora, Regina King, pode se juntar às poucas mulheres que já foram indicadas nesta categoria. Muitos críticos acreditam que o filme também deveria estar na lista de melhor filme.

Bela Vingança

O filme foi aclamado pela atuação formidável de Carey Mulligan, que interpreta uma jovem que se propõe a fazer justiça por sua melhor amiga, uma vítima de estupro.

Dua diretora, Emerald Fennell, também pode estar entre os candidatos a melhor direção deste ano.

Destacamento Blood

O novo filme de Spike Lee, "Destacamento Blood", conta a jornada de um grupo de veteranos do Vietnã que retornam ao país asiático para tentar encontrar os restos mortais do líder de seu esquadrão e recuperar um item de valor que eles deixaram para trás.

O elenco é formado por Delroy Lindo, Jonathan Majors, Clarke Peters, Norm Lewis, Isiah Whitlock Jr. e Chadwick Boseman, que pode receber uma indicação póstuma de melhor ator coadjuvante por seu papel como líder do grupo durante a guerra.

Pieces of a Woman

O filme "Pieces of a Woman", muito elogiado no Festival de Veneza, conta a história de um casal que enfrenta o luto após a morte de seu filho recém-nascido.

É estrelado por Shia LaBeouf e Vanessa Kirby, que pode ser indicada para melhor atriz.

Soul

O desenho animado "Soul" conta a história de um professor de música que vê seu sonho de tocar em uma banda de jazz ser frustrado após ele sofrer um acidente que o leva ao Além, um lugar habitado por milhões de almas que terminam ou iniciam sua passagem pela Terra.

Aclamado por sua impressionante animação, é provavelmente o favorito para ganhar como melhor animação.

Judas e o Messias Negro

O filme conta a história dos Panteras Negras, seu líder carismático Fred Hampton e as tentativas do FBI de se infiltrar na organização.

Embora não tenha sido nomeado para o Globo de Ouro, o longa deve aparecer em uma das indicações ao Oscar, provavelmente devido às atuações de LaKeith Stanfield, Daniel Kaluuya, Jesse Plemons e Dominique Fishback.

Relatos do Mundo

O filme "Relatos do Mundo" narra a jornada de um veterano da Guerra Civil nos Estados Unidos que concorda em levar uma menina órfã para sua família.

Com Tom Hanks e Helena Zengel nos papéis principais, a expectativa é que receba indicações nas categorias de melhor ator e atriz do Oscar.

Meu Pai

O filme, estrelado por Anthony Hopkins e Olivia Colman, é uma história contundente de como a perda progressiva de memória afeta um homem de 80 anos e sua família.

Hopkins e Colman já foram vencedores do Oscar, então, ambos têm uma boa chance de serem indicados novamente este ano para melhor ator e melhor atriz coadjuvante, respectivamente.

Rosa e Momo

Baseado no romance de Romain Gary, "Rosa e Momo" conta a história de Madame Rosa, uma ex-prostituta e sobrevivente do Holocausto e uma criança órfã do Senegal.

Para muitos críticos, o desempenho de Sophia Loren a põe entre as favoritas a ser indicada como melhor atriz no Oscar.

Malcolm e Marie

John David Washington e Zendaya são os protagonistas de "Malcolm e Marie" que explora as tensões e conflitos de um relacionamento.

Zendaya, conhecida do público mais jovem por seu papel nos filmes do Homem-Aranha e que ganhou um Emmy pela série "Euphoria" no ano passado, pode receber sua primeira indicação ao Oscar.

The United States vs. Billie Holiday

O filme fala sobre a investigação secreta do governo dos Estados Unidos por envolvimento com drogas contra a cantora Billie Holiday.

Segundo diversos meios de comunicação especializados, Andra Day, que já recebeu uma indicação ao Globo de Ouro, é uma das principais candidatas à categoria de melhor atriz no Oscar.

Era Uma Vez Um Sonho

Estrelado por Amy Adams, Glenn Close e Gabriel Basso, "Era Uma Vez Um Sonho" narra a relação entre um estudante de direito de Yale, sua irmã, sua mãe e sua avó após uma crise familiar.

Os críticos não foram gentis com o filme, mas não são eles que decidem os vencedores do Oscar.

Adams foi indicada ao Screen Actors Guild, enquanto Close foi indicada ao Globo de Ouro.

Ammonite

O filme retrata o romance fictício entre uma proeminente paleontóloga e uma geóloga durante o século 19.

É estrelado por Kate Winslet, que já ganhou um Oscar, e Saoirse Ronan, que já foi indicada antes. Os críticos apontam que as duas são candidatas a indicações neste ano.

The Mauritanian

O filme conta a história verídica de um advogado que concorda em defender um suspeito dos ataques de 11 de setembro de 2001 detido na prisão de Guantánamo, em Cuba.

Seus protagonistas, Tahar Rahim e Jodie Foster, foram indicados para o Globo de Ouro este ano, mas o caminho para o Oscar parece mais difícil.

Borat: Fita de Cinema Seguinte

O filme "Borat: Fita de Cinema Seguinte", estrelado por Sacha Baron Cohen e Maria Bakalova, conta a história de um jornalista do Cazaquistão, Borat, que retorna aos Estados Unidos em preparação para as eleições presidenciais de 2020, acompanhado por sua filha Tutar.

Para muitos, Maria Bakalova é a favorita para ganhar o prêmio de melhor atriz coadjuvante por sua interpretação hilária da filha de Borat.


Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Erramos: o texto foi alterado

Versão anterior deste texto havia afirmado que Emerald Fennell era um diretor, e não uma diretora. O texto foi corrigido.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.