Descrição de chapéu Cinema

Oscar 2022 teve audiência melhor que no ano passado, mas não voltou à boa forma

Tapa de Will Smith em Chris Rock pode não ter influenciado estatística, pois pico de audiência na TV foi uma hora antes

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O Oscar 2022 registrou um crescimento na audiência da cerimônia, transmitida no último domingo (27) pela rede ABC nos Estados Unidos. O canal registrou 2,9 pontos de audiência que, na conversão pelo ranking da Nielsen, representam pouco mais de 13,7 milhões de espectadores.

O aumento é de 32% em relação a 2021, quando o Oscar teve sua pior audiência de todos os tempos, a primeira a registrar menos de 20 milhões de espectadores. Nesse sentido, se a cerimônia de 2022 consegue atingir mais que os 10,4 milhões do ano passado, ainda não parece apon tar para um retorno à boa forma do evento anos atrás.

Dissecando esse crescimento, o mais significativo foi na parcela de espectadores adultos, entre 18 e 49 anos, totalizando 27%.

Além de ter sido um retorno a uma aparência pré-pandêmica, com celebridades sem máscaras, e o retorno de um trio de apresentadoras —Amy Schumer, Regina Hall e Wanda Sykes— para dar mais sustância ao espetáculo, o Oscar desse ano também transmitiu um ato de agressão ao vivo, com Will Smith dando um tapa na cara do comediante Chris Rock após ele fazer uma piada com a calvície da mulher do ator —causada, por sua vez, por uma doença autoimune.

Ainda não é possível, porém, ter certeza de que esse evento bombástico tenha colaborado para o aumento na audiência da televisão, já que o fato ocorreu já na metade final do programa, e o assunto passou a fervilhar nas redes sociais.

Segundo os dados, na verdade, o pico de audiência ocorreu uma hora antes do tapa. Enquanto isso, o evento teve outros momentos históricos como a premiação do primeiro ator surdo, Troy Kotsur, que estrela "No Ritmo do Coração", o grande vencedor da noite.

O ano também apresentou um crescimento na audiência de premiações como o Emmy e o SAG Awards, sugerindo um aumento pela procura desse tipo de entretenimento a partir da queda da pandemia.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.