Descrição de chapéu Guia Livros, Discos e Filmes

Elza Soares, Iza e Alice Caymmi indicam discos de música pop para ouvir ainda em 2018

Seleção faz parte do Guia Livros, Discos e Filmes 2018 da Folha

São Paulo

O Guia Livros, Discos e Filmes, produzido pela equipe do 1º Programa de Treinamento em Jornalismo Cultural da Folha, convidou 39 nomes da cultura para indicar os destaques de 2018.

 
Confira as indicações de discos de música pop feitas pelas cantoras Elza Soares, Iza e Alice Caymmi.
Beyoncé e Jay-Z em frente à "Monalisa". Frame de "Apes**t", clipe de Beyoncé e Jay-Z
Beyoncé e Jay-Z em frente à obra Monalisa, no Museu do Louvre, no clipe da música "Apes**t" - Reprodução

 

Anti

Mais recente álbum de Rihanna, foi lançado em 2016, mais de três anos depois de “Unapologetic”. Em poucos dias, liderava a lista da Billboard dos mais populares.

Nesse trabalho, a cantora explora das sonoridades caribenhas às batidas mais graves da música eletrônica. A mistura de ritmos e o caráter experimental das faixas são a marca do álbum.

No encarte, assinado pelo artista gráfico Roy Nachum, um pôster com poema escrito em braile acompanha as informações das faixas. 

ARTISTA Rihanna
GRAVADORA Roc One
QUANTO a partir de R$ 49,90
QUEM INDICA Alice Caymmi


Ella Mai

Vinda dos stories do Instagram, onde fazia covers de músicas famosas em 15s, Ella Mai atraiu olhares de grandes produtores que investiram em sua carreira. Após despontar com o single “Boo’d Up” na revista Billboard, Ella aproveita a onda do hit e lança o álbum de estreia.

Misturando o R&B dos anos 90 com influências hip-hop de seu produtor, a artista inclui sintetizadores que renovam as batidas dos dois gêneros. Já as letras tratam de desejo, relacionamentos e amores amargos.

ARTISTA Ella Mai
GRAVADORA Interscope Records
QUANTO a partir de R$ 19,90 (itunes)
QUEM INDICA Iza


Lemonade

O segundo álbum visual de Beyoncé estreou em forma de filme pela HBO, alcançando quatro indicações no Emmy de 2018. Com mais de uma hora de duração, mostra sua trajetória como mulher negra nos EUA, dando contornos à narrativa contada pelas músicas.

Em “Lemonade”, a cantora trata da traição do marido, o rapper Jay-Z, do racismo e da violência policial em faixas musicalmente potentes e variadas. Por isso, é tido como o mais ambicioso, íntimo e original trabalho da artista. 

ARTISTA Beyoncé
GRAVADORA Columbia
QUANTO a partir de R$ 29,90
QUEM INDICA Alice Caymmi


Mad Love the Prequel

Nascido na Jamaica, Sean Paul faz rap com influências caribenhas. Na ativa desde os anos 2000, ele animava as pistas de dancehall com músicas românticas e ritmos latinos. Aos poucos, entrou no pop americano, emendando sucessos.

Em 2016, seus singles dominaram as rádios com nomes do pop como Sia (“Cheap Thrills”) e Dua Lipa (“No Lie”). Esta última está presente nesse sétimo álbum, que também conta com parcerias de David Guetta, Ellie Goulding e Major Lazer. 

ARTISTA Sean Paul
GRAVADORA Universal Island Records
QUANTO a partir de R$ 14,90 (itunes)
QUEM INDICA Iza


Purpose

O disco representa o começo de uma nova fase na carreira de Justin Bieber, que estava havia três anos sem lançar álbum de inéditas. Com faixas mais intimistas e musicalidade introspectiva, a produção não tem características de produto teen presentes em seus trabalhos anteriores.

“What Do You Mean”, primeiro single do disco, virou logo número um na lista das mais vendidas da Billboard. Em 57 anos de história, apenas 23 artistas conseguiram o feito. 

ARTISTA Justin Bieber
GRAVADORA Def Jam Recordings
QUANTO R$ 29,90
QUEM INDICA Alice Caymmi


Santo Forte

Lucy Alves chegou à final da segunda temporada de The Voice Brasil tocando sanfona. Agora, as influências do sertão se mesclam ao pop e ao funk no álbum “Santo Forte”.

O disco tem participações do rapper RAPadura Xique-Chico, do grupo Àttooxxá e da angolana Titica.

A cantora lançou também o single “Xaxado no Chiado”, em parceria com Elba Ramalho, e interpretou “Doce Companhia”, tema de abertura da novela “Amor e Paixão”. 

ARTISTA Lucy Alves
GRAVADORA Warner
QUANTO a partir de R$ 8,90 (iTunes)
QUEM INDICA Elza Soares


Sweetener

É o quarto álbum de estúdio de Ariana Grande e traz faixas mais pessoais e intimistas que os anteriores. Ariana diz que seu desejo era criar algo que fizesse as pessoas “se sentirem bem”.

A produção começou em 2016, sendo parcialmente interrompida depois do atentado, no final de seu show em Manchester que resultou em 22 mortes. A experiência se faz presente no álbum. Como disse a cantora, escrever sobre isso foi o jeito que encontrou para lidar com o trauma. 

ARTISTA Ariana Grande
GRAVADORA Republic
QUANTO R$ 33,90
QUEM INDICA Alice Caymmi e Iza

Amanda Almeida, Karina Sanitá e Natan Tu

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.