Encontro com Nuno Ramos, cinema do Mali e mais cinco dicas culturais

Veja indicações da Ilustríssima para a próxima semana

[LITERATURA] Nuno Ramos

Biblioteca do Sesc Pompeia. (11) 3871-7700. Ter. (17), às 19h30. Grátis.

O escritor Joca Reiners Terron conduz conversa com o artista plástico e autor de livros premiados, no projeto Play_Lit. Em formato de talk-show, o encontro discute a trajetória literária de Ramos, trazendo trechos de obras que inspiraram seu trabalho. No dia 31, o programa recebe a escritora Maria Valéria Rezende e, em 28 de agosto, o convidado é Evandro Affonso Ferreira.

 

[EXPOSIÇÃO] Durval Pereira

Memorial da América Latina. (11) 3823-4600. De ter. a dom., das 9h às 18h. De 18/7 a 16/9. Grátis.

Mostra faz ampla retrospectiva do artista plástico paulistano (1918-1984), com cerca de 220 telas. Impressionista quando predominavam os modernistas e abstracionistas, Pereira colhia inspiração das paisagens que encontrava em suas viagens de carro pelo Brasil.

pintura de vilarejo
"Casario 06" (1970), de Durval Pereira - Divulgação

[CINEMA] Souleymane Cissé

IMS Paulista. (11) 2842-9120. De 18 a 25/7. Sessões a partir de 16h. R$ 8. 

Ciclo apresenta a obra do cineasta do Mali, que integra a primeira geração da cinematografia africana. Seu trabalho, baseado no ideal de descolonização, procurava desfazer o estereótipo negativo pelo qual eram retratados os povos do continente. Serão apresentados cinco de seus filmes e um raro documentário sobre o diretor, realizado pelo cambojano Rithy Panh. Na quarta (18) às 19h30, após exibição de “Yeelen - A Luz”, que venceu o Prêmio do Júri no Festival de Cannes, haverá um debate com a pesquisadora Janaína Oliveira.

 

[TEATRO] O Caderno Rosa de Lori Lamby

Auditório da Biblioteca Mário de Andrade. (11) 3775-0002. Seg., às 19h. Até 30/7. Grátis, com retirada de senha uma hora antes.

O célebre monólogo interpretado pela atriz Iara Jamra voltou a entrar em cartaz sob direção de Bete Coelho. No texto de Hilda Hilst, homenageada da próxima Flip (da qual Jamra é uma das convidadas), uma garota de oito anos escreve em um caderno suas fantasias sexuais.

 

[EXPOSIÇÃO] Flavio-Shiró

Pinakotheke São Paulo. (11) 3758-5202. De seg. a sex., das 10h às 18h; sáb., das 10h às 16h. Até 11/8. Grátis.

Exposição retraça o trabalho do artista nipo-brasileiro de 90 anos, a partir dos anos 1940 até hoje. São expostas pinturas, fotografias, desenhos e objetos, em boa parte inéditos. Também são exibidos curtas que fazem um panorama da carreira do artista, do figurativismo que marcou seu trabalho até o início dos anos 1950, passando por sua transição para o abstracionismo até a retomada da figuração.

pintura de flavio com chapeu
"Autorretrato com Chapéu de Palha" (1950), de Flavio-Shiró - Divulgação

[TEATRO] Lugar Nenhum

Centro Cultural Banco do Brasil - Rio. (21) 3808-2020. De qua. a dom., às 19h30. Até 6/8. R$ 20.

Como parte da comemoração de seus 20 anos, a Companhia do Latão apresenta uma peça-ensaio inspirada em Tchékhov e dirigida por Sérgio de Carvalho. O enredo acompanha uma família de artistas intelectuais que se reúne numa casa de praia, onde debates sobre política se misturam às violências do dia a dia familiar.

 


[ARTES PLÁSTICAS] Elisa Bracher

Galeria Raquel Arnaud. (11) 3083-6322. De seg. a sex., das 10h às 19h; sáb., das 12h às 16h. Até 12/8. Grátis.

A artista exibe trabalhos que revelam o diálogo resultante de sua experimentação com diferentes técnicas e linguagens. Entre desenhos, esculturas e pinturas há, por exemplo, obras em que pintou papel de arroz japonês com tinturas pesadas próprias para gravura em metal.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.