O novíssimo cinema nacional, exposições e mais dicas culturais

Veja as indicações da Ilustríssima para a próxima semana

[MOSTRA]  Novíssimo Cinema Brasileiro

Cinusp. (11) 3091-3540. Até 24/3, em diversos horários. Grátis.

A oitava edição da mostra ressalta a diversidade temática e regional da produção cinematográfica brasileira atual. A seleção de 21 filmes inclui títulos exibidos em festivais estrangeiros e elogiados pela crítica, como "As Boas Maneiras", "Benzinho" e "Tinta Bruta". Sete pré-estreias acontecem durante a mostra —quatro delas seguidas de debates com realizadores—, como a de "Eleições" (8/3), documentário de Alice Riff sobre a política estudantil em um colégio de São Paulo, e "Era uma Vez Brasília" (20/3), longa de ficção científica de Adirley Queiroz.

 

[TEATRO]  Fim

Sesc Consolação. (11) 3234-3000. De qui. a sáb., às 21h; dom., às 18h. De 8/3 a 14/4. R$ 40.

O diretor Felipe Hirsch parte de textos do argentino Rafael Spregelburd para discutir o papel do artista em tempos de obscurantismo. Dividido em capítulos como “O fim das fronteiras”, “O fim da história” e “O fim do teatro”, o espetáculo tem no elenco Danilo Grangheia, Magali Biff e Renato Borghi, direção de arte de Daniela Thomas e Felipe Tassara e música criada e interpretada por Maria Beraldo, Mariá Portugal e Arthur de Faria.

 

[MÚSICA]  Guinga e Mônica Salmaso

Sesc Santo André. (11) 4469-1200. Sex. (8), às 21h. R$ 20.

O cantor, compositor e violinista Guinga se apresenta ao lado da cantora Mônica Salmaso. O repertório do show abarca títulos criados em parceria com Paulo César Pinheiro, Aldir Blanc, José Miguel Wisnik e Chico Buarque.

 

[EXPOSIÇÃO]  Fernando Zarif 

Luciana Brito Galeria. (11) 3842-0634. De ter. a sex., das 10h às 19h; sáb., das 11h às 18h. Até 9/3. Grátis. 

A mostra, resultado de ciclo de encontros sobre o artista plástico realizado em 2018, apresenta parte da produção interdisciplinar de Zarif, morto em 2010. Cerca de 50 obras são apresentadas em três séries distintas, reunindo telas, colagens e esculturas flutuantes. 

 

[CURSO]  Para afinar o olhar sobre a cena

Centro de Pesquisa e Formação do Sesc. (11) 3254-5600. De seg. (11) a qua. (25), das 19h30 às 21h30. R$ 50.

Em cinco encontros, o curso aborda as teorias das artes cênicas e oferece uma introdução às ferramentas de apreciação estética de peças de teatro. Os participantes serão convidados a assistir um espetáculo e escrever uma crítica da obra. A atividade é coordenada por Beth Néspoli, doutora em artes cênicas pela USP e crítica teatral, e Ferdinando Martins, professor da ECA-USP.

 

[EXPOSIÇÃO]  Juliana Stein

SIM Galeria. (11) 3062-8980. De seg. a sex., das 10h às 19h; sáb., das 10h às 15h. Até 23/3. Grátis.

Com curadoria de Agnaldo Farias, “Não Está Claro Até que a Noite Caia” é a primeira individual em São Paulo da artista plástica gaúcha, que já exibiu trabalhos nas Bienais do Mercosul, de Veneza e de São Paulo. As fotografias de Stein investigam o processo da produção de sentido e a relação entre imagem e palavra.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.