Filmes de Milos Forman, música de Antonio Nóbrega e mais 5 dicas

Veja as indicações da Ilustríssima para a próxima semana

[CLUBE DE LEITURA FOLHA] Lesley Nneka Arimah

Livraria Francesa. (11) 3231-4555. Ter. (30), às 19h. Grátis.

A coleção de contos “O Que Acontece Quando um Homem Cai do Céu”, obra de estreia da escritora nigeriana que a editora Kapulana publicou no Brasil no ano passado, é tema do encontro de abril do clube. A conversa, mediada pelo repórter Everton Lopes Batista, terá participação da socióloga e escritora Luciana Bento, que pesquisa literatura infantil e mantém o blog Mãe Preta.

mozart de peruca branca em salão
Cena do filme "Amadeus" (1984), pelo qual Milos Forman ganhou o Oscar de melhor diretor - Divulgação

[CINEMA] Milos Forman

Cinesesc. (11) 3087-0500. De 2 a 15/5, em diversos horários. R$ 12.

Toda a obra do cineasta tcheco naturalizado americano, morto em 2018 aos 86, será revista nesta retrospectiva. Serão exibidas cópias em 35 mm, vindas de cinematecas europeias, de filmes do início da carreira do cineasta na então Tchecoslováquia. Além dessas obras raras e essenciais para o movimento da chamada nouvelle vague tcheca, também estão na programação filmes consagrados de sua fase americana, como “Um Estranho no Ninho” e “Amadeus”.

[FOTOGRAFIA] Letizia Battaglia

IMS Paulista. (11) 2842-9120. De ter. a dom., das 10h às 20h (qui. até as 22h). Até 22/9. Grátis.

Exposição traz 90 imagens das quatro décadas de carreira da italiana, além de publicações e um documentário. Notável por seus registros da guerra da máfia na cidade de Palermo nos anos 1970 e 1980, a fotógrafa de 84 anos também documentou com precisão o cotidiano e as transformações de sua cidade natal.

[MÚSICA] Antonio Nóbrega

Itaú Cultural. (11) 2168-1777. De 3 a 12/5. Sex. e sáb., às 20h; dom., às 19h. Grátis, com retirada de ingressos uma hora antes. 

O multiartista e pesquisador recifense apresenta seu novo espetáculo, “Rima”, em série de seis shows. Ele mostra composições inéditas, feitas em parceria com os poetas Bráulio Tavares e Wilson Freire, e lembra também versos e canções do imaginário popular brasileiro, com atenção especial para o sertão nordestino.

[LIVRO] Arquitetura de Exposições

Edições Sesc São Paulo. 196 págs. R$ 76.

O autor César Augusto Sartorelli, doutor em arquitetura e urbanismo pela USP, propõe um livro de referência sobre a atividade de planejar o espaço de uma exposição. Analisando a trajetória de dois dos maiores nomes da área no Brasil, Lina Bo Bardi (1914-1992) e Gisela Magalhães (1930-2003), ele busca definir esse tipo de arquitetura relacionando-a à história da museografia.

pintura de mulheres sob casas
"Grupo de Mulheres" (1964), de Mario Zanini - Divulgação

[EXPOSIÇÃO] Entre Artes e Ofícios, Centros e Arrabaldes

Galeria de Arte André. (11) 3081-9697. De seg. a sex., das 10h às 20h; sáb., das 10h às 14h. Até 18/5. Grátis.

A galeria completa 60 anos em 2019 e, na primeira mostra comemorativa, exibe 50 obras de artistas do chamado Grupo Santa Helena —nomes de origem proletária, em São Paulo, como Mario Zanini, Aldo Bonadei e Francisco Rebolo, que se dividiam entre a arte e a carga diária de trabalho—  e os nipo-brasileiros, que incluem Tomie Ohtake, Yoshiya Takaoka e Manabu Mabe. A curadoria é de Mario Gioia.

[LITERATURA] Amós Oz

Casa do Povo. (11) 3227-4015. Sáb. (4), das 14h às 20h. Grátis.

Evento do Instituto Brasil-Israel e da Companhia das Letras homenageia o escritor, morto em dezembro aos 79 anos. A editora lança, na ocasião, dois livros do escritor: “Sumchi” e “Do Que É Feita a Maçã”. Haverá duas mesas de debate com nomes como a pesquisadora Nancy Rozenchan, da USP, a professora de sociologia Heloisa Pait e o jornalista João Paulo Charleaux. A atriz Mika Lins fará leituras de obras do autor, será projetado o filme biográfico “De Amor e Trevas”, de Natalie Portman, e haverá exposição de ilustrações de Carla Caffé para a nova edição de “Sumchi”.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.