Exposição de Man Ray, festival de curtas e mais 5 dicas culturais

Veja as indicações da Ilustríssima para a próxima semana

[EXPOSIÇÃO] Man Ray em Paris

Centro Cultural Banco do Brasil. (11) 3113-3651. De qua. a seg., das 9h às 21h. De 21/8 a 28/10. Grátis.

Nessa ampla retrospectiva, serão exibidos pela primeira vez no Brasil cerca de 250 trabalhos do artista visual norte-americano, um dos maiores nomes do movimento surrealista. Estarão expostas fotografias, vídeos, serigrafias e objetos produzidos nas décadas de 1920 e 1930, quando o artista vivia na capital francesa. A curadora da mostra,  Emmanuelle de l’Ecotais, participa de debate gratuito com o público na quarta (21), às 19h.

mulher em carrinho de mão
"Modelo Usando um Vestido de Lucien Lelong, Sentada no Carrinho de Mão de Oscar Domínguez" (1937), de Man Ray - Divulgação

[CINEMA] Festival Internacional de Curtas

Cinemateca Brasileira, Cinesesc, Museu da Imagem e do Som, Espaço Itaú Augusta e outros cinemas em SP. De 22/8 a 1º/9. Grátis.

A mostra exibe 324 filmes de curta-metragem vindos de 53 países, com destaque para “Swinguerra”, exibido na 58ª Bienal de Veneza por Bárbara Wagner e Benjamin de Burca. A dupla de artistas tem retrospectiva e ministra uma masterclass no festival, assim como outras referências no gênero como Jorge Furtado (cujo “Ilha das Flores” completa 30 anos) e Tadeu Jungle.

[MÚSICA] Paulinho da Viola e Martinho da Vila

Museu Afro Brasil. (11) 3320-8900. Ter. (20), às 19h. Grátis.

Os dois sambistas participam de grande bate-papo por ocasião da abertura da exposição do artista plástico Elifas Andreato, um dos principais responsáveis pela iconografia moderna da música brasileira. Também estarão reunidos o próprio Elifas, o curador Emanoel Araujo, os cantores Rappin’ Hood e Anna Setton, a escritora Janaína Marquesini, biógrafa de Clementina de Jesus, e o grupo Ilú Obá de Min. A exposição segue até 5/10.

[EXPOSIÇÃO] Sérgio Sister

Galeria Nara Roesler. (11) 2039-5454. De seg. a sex., das 10h às 19h; sáb., das 11h às 15h. Até 5/9. Grátis.

O artista plástico paulistano de 71 anos apresenta a mostra “Imagens de uma Juventude Pop – Pinturas Políticas e Desenhos da Cadeia”, reunindo 35 trabalhos datados de 1967 a 1971, com destaque para obras feitas durante seus 19 meses de prisão sob a ditadura militar. Os desenhos coloridos, de fortes traços psicodélicos, funcionavam para Sister como anotações da opressão no cárcere e resgate da própria identidade.

tela
"Esticados" (1967), de Sérgio Sister - Divulgação

[CINEMA] Pássaros de Verão

Colômbia/Dinamarca/México/Alemanha/Suíça/França, 2018. 125 min. Em cartaz em circuito a partir de qui. (22)

Ciro Guerra, diretor de “O Abraço da Serpente” (2015), único longa colombiano indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro, rege em parceria com Cristina Gallego esta narrativa sobre a destruição que recai sobre uma comunidade indígena após alguns de seus membros entrarem em contato com o capitalismo —via tráfico internacional da maconha plantada na região.

[TEATRO] Balada dos Enclausurados

Teatro do Núcleo Experimental. (11) 3259-0898. Sex., sáb. e seg., às 19h e às 21h; dom., às 18h e às 20h. Até 2/9. R$ 40 pelo programa completo ou R$ 20 por solo. O público pode ver duas peças em dias diferentes.

Os dramaturgos e atores Erica Montanheiro e Eric Lenate dividem cena e direção nesta combinação de dois monólogos baseados nas experiências da artista plástica francesa Camille Claudel (1864-1943) e do bailarino russo Vaslav Nijinski (1889-1950), que passaram décadas interditados em instituições psiquiátricas.

[DEBATE] Mauro Restiffe

Cubo JK Iguatemi. (11) 3077-2880. Dom. (25), às 16h. Grátis.

Dentro da programação da 13ª SP-Foto, que acontece de quarta (21) a domingo (25), o fotógrafo apresenta pela galeria Fortes D’Aloia e Gabriel imagens coloridas inéditas da série “Alvorada”, feita no palácio residencial da Presidência no início do ano, e participa de encontro aberto com o público no domingo.

 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.