Onde houve ser humano, houve escravidão, diz Laurentino Gomes

Escritor discute no podcast Ilustríssima Conversa seu novo livro sobre o sistema escravista ao longo da história

Cerca de metade das 10 milhões de pessoas escravizadas na África desembarcaram no Brasil durante um período de 350 anos, segundo conta o jornalista Laurentino Gomes no primeiro volume de sua trilogia "Escravidão", que sai agora pela Globo Livros.

Neste episódio do podcast, ele discute com Walter Porto como esse amplo sistema de cativeiro moldou a sociedade brasileira, com consequências que penalizam até hoje a população negra.

Autor de três best-sellers sobre o século 19, Laurentino agora mapeia as origens da escravidão no Brasil, discutindo a amplitude deste sistema no tempo e no espaço, o apoio da Igreja e de pensadores iluministas à escravização de pessoas e as razões pelas quais, segundo ele, Zumbi dos Palmares não era abolicionista.

Além do link acima, a Ilustríssima Conversa pode ser acessada nos principais sites e aplicativos de podcasts, como Stitcher e o Spotify, ou direto pelo app Podcasts, que já vem instalado em iPhones. O ouvinte pode se inscrever e assinar o podcast —sem qualquer custo—, passando assim a receber alertas quando novos episódios são publicados.

O podcast Ilustríssima Conversa entrevista, a cada duas semanas, intelectuais e autores de livros de não ficção para discutir suas obras e seus objetos de pesquisa.

Já participaram do programa Hélio de Seixas Guimarães, que discutiu Machado de Assis; Sérgio Haddad, biógrafo de Paulo Freire; Giselle Beiguelman, que discutiu as políticas de memória e esquecimento do Brasil; o antropólogo Luiz Eduardo Soares, ; a psicanalista Maria Rita Kehl; o arquiteto e urbanista Guilherme Wisnik; a jornalista Cristina Serra, autora de livro sobre o desastre de Mariana; o cientista político Sérgio Abranches; a antropóloga Lilia Schwarcz; o ex-ministro da Educação Renato Janine Ribeiro; a economista Laura Carvalho, entre outros. 

Você encontra a lista completa de episódios do programa no índice do podcast Ilustríssima Conversa

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.