Descrição de chapéu ilustríssima conversa

Cartas de Clarice Lispector têm a autenticidade de sua ficção, diz editor

Pedro Vasquez comenta livro com correspondência da escritora, que completaria 100 anos em dezembro

O novo episódio do Ilustríssima Conversa, podcast da Folha em parceria com o Itaú Cultural, conversa com o editor Pedro Vasquez, responsável pela obra de Clarice Lispector na editora Rocco.

Clarice completaria cem anos em 10 de dezembro. A efeméride vem motivando uma série de lançamentos comemorativos. Um dos títulos mais interessantes chegou agora às livrarias. O livro "Todas as Cartas" reúne a correspondência escrita por Clarice ao longo de quase quatro décadas, de 1940 até 1977, ano de sua morte.

A coletânea reúne 284 cartas, quase 50 delas inéditas em livro. O ponto alto é o conjunto de cartas enviadas a outros escritores renomados, como João Cabral de Melo Neto, Fernando Sabino, Rubem Braga e Paulo Mendes Campos, entre outros.

Dessa correspondência sai uma Clarice mergulhada em problemas do cotidiano, quase sempre insatisfeita com seus textos, e muitas vezes angustiada por questões financeiras. Um retrato um tanto diferente da imagem que se formou ao longo dos anos de uma escritora hermética e sofisticada.

Ao comparar seu estilo ao de João Cabral, por exemplo, escreveu: “O que eu invento vem cercado de mil bobagens, o que você inventa já é o essencial. O meu luxo é triste, sua pobreza é farta".

E assim classificou seu romance "A Maça no Escuro" ao amigo Fernando Sabino: “É tão descosido, e tão mal escrito, que muitas vezes não dá jeito de consertar. “

"Todas as Cartas" é fruto do trabalho de Teresa Montero, biógrafa de Clarice, e da pesquisadora Larissa Vaz, com o apoio de Paulo Gurgel Valente, filho e curador da obra de Clarice.

Pedro Vasques, que coordenou a produção do livro, explica na entrevista a importância dessas cartas.

O Ilustríssima Conversa está disponível nos principais aplicativos, como Apple Podcasts, Spotify e Stitcher. Ouvintes podem assinar gratuitamente o podcast nos aplicativos para receber notificações de novos episódios.

O podcast entrevista, a cada duas semanas, autores de livros de não ficção e intelectuais para discutir suas obras e seus temas de pesquisa.

Já participaram do Ilustríssima Conversa Muryatan Barbosa, autor de livro sobre a história do pensamento africano; Júlio Delmanto, que discutiu os primeiros usos do LSD e a repressão à substância; Elena Brugioni, que tratou de literaturas africanas e descolonização do imaginário; Marta Arretche, que debateu as desigualdades e as políticas sociais no Brasil; Sérgio Augusto, que discutiu os rumos do cinema em meio à pandemia de coronavírus; Sidney Chalhoub, que lembrou a politização de epidemias ao longo da história; Gilberto Nascimento, que abordou o crescimento da Igreja Universal e a ascensão política de Edir Macedo; Eliane Robert Moraes, que discutiu a censura ao sexo nas artes; Sueli Carneiro, que falou sobre a relação entre as questões de raça e gênero no Brasil; Sérgio Adorno, que tratou do surgimento do liberalismo no Brasil, entre outros.

A lista completa de episódios está disponível no índice do podcast. O feed RSS é https://folha.libsyn.com/rss.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.