Futuro depende de expansão da consciência planetária, diz Sidarta Ribeiro

Neurocientista defende que humanidade precisa sonhar e construir pacto baseado no cuidado para garantir sobrevivência

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

O neurocientista Sidarta Ribeiro, professor da UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte), participou do Ilustríssima Conversa em 2019 e explicou a importância de sonhar —no sentido literal, durante o sono—, tema do seu livro "O Oráculo da Noite".

Ele volta agora ao podcast e explica por que considera que sonhar —no sentido de imaginar futuros possíveis— se tornou indispensável para a sobrevivência da humanidade.

Esse é o mote do seu livro recém-lançado, "Sonho Manifesto: Dez Exercícios Urgentes de Otimismo Apocalíptico", que discute sintomas do nosso mal-estar contemporâneo e aposta no potencial de mudança de rumos a partir de uma expansão da consciência planetária.

Promover uma síntese de dicotomias antigas, como ciência e conhecimento tradicional, corpo e mente, humanos e não humanos, e criar novos pactos baseados na cooperação e no cuidado estão entre as suas principais recomendações.

O neurocientista Sidarta Ribeiro, autor de 'Sonho Manifesto' - Elisa Elsie/Divulgação

O Ilustríssima Conversa está disponível nos principais aplicativos, como Apple Podcasts, Spotify e Stitcher. Ouvintes podem assinar gratuitamente o podcast nos aplicativos para receber notificações de novos episódios.

O podcast entrevista, a cada duas semanas, autores de livros de não ficção e intelectuais para discutir suas obras e seus temas de pesquisa.

Já participaram do Ilustríssima Conversa Heloisa Starling e Miguel Lago, autores de ensaios sobre a lógica de destruição do bolsonarismo, Fábio Ulhoa Coelho, professor de direito que ponderou sobre as relações entre liberdade e igualdade, Debora Diniz, acadêmica que se dedica às áreas de gênero e direitos reprodutivos, Deivison Faustino, que desenvolve pesquisas sobre a obra de Frantz Fanon, Fernando Morais, biógrafo de Lula, Sergio Miceli, sociólogo que tratou de Drummond e do modernismo, Daniela Arbex, jornalista que investigou a tragédia de Brumadinho, Tatiana Roque, pesquisadora que discute as relações entre mudanças climáticas e política, Margareth Dalcolmo, que falou sobre a variante ômicron e a perspectiva de tratamento precoce real da Covid-19, Marcelo Semer, autor de livro sobre o Judiciário e a política no Brasil, entre outros convidados.

A lista completa de episódios está disponível no índice do podcast. O feed RSS é https://folha.libsyn.com/rss.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.