Saltar para o conteúdo principal
 
26/01/2012 - 14h00

Livro conta como é feita a pré-produção no cinema

da Livraria da Folha
Texto baseado em informações fornecidas pela editora da obra.

No livro "Cinema", o leitor descobre o processo pelo qual um filme passa antes de chegar às salas de exibição, do argumento à estreia. Além de Hollywood, a edição apresenta a cinematografia espanhola, indiana, japonesa, chinesa e de países latino-americanos, como "Cidade de Deus", de Fernando Meirelles, e "Nove Rainhas", do argentino Fabián Bielinsky.

Relembre os vencedores do Oscar
Siga a Livraria da Folha no Twitter
Conheça nossa página no Facebook
Lista traz centenas de filmes por R$ 12,90 cada

O livro foi organizado pelo crítico inglês Ronald Bergan, autor que também assina "501 Filmes que Merecem Ser Vistos" e "...ismos - Para Entender o Cinema".

Parte da coleção Guia Ilustrado Zahar, a edição reúne centenas de imagens, grandes acontecimentos e elege cem obras-primas da sétima arte.

Abaixo, leia sobre a pré-produção. O trecho foi extraído do exemplar.

*

A FASE DE DESENVOLVIMENTO

Reprodução
Relata o processo pelo qual um filme passa antes de chegar ao cinema
Relata processo pelo qual um filme passa antes de chegar ao cinema

Produtores e executivos discutem e fazem acordos, enquanto a trama vai sendo esboçada pelo roteirista. Em geral, os produtores ou executivos já o conhecem ou sabem que tem experiência em projetos semelhantes. O roteiro, mesmo de profissionais de peso, é reescrito várias vezes até que agrade aos produtores e ao estúdio, num processo denominado "desenvolvimento" - e, em determinadas circunstâncias, apelidado de "inferno". Quando a última versão do roteiro é vista como um empreendimento potencialmente rentável, os executivos dão "sinal verde", e inicia-se a pré-produção.

Os atores podem envolver-se nessa fase, sobretudo se o roteiro for escrito para um deles ou estiver atrelado a uma equipe bem conhecida ator/diretor/produtor (como Arnold Schwarzenegger/James Cameron nos anos 80 e 90), ou, ainda, se o ator for o próprio diretor (como Clint Eastwood ou Mel Gibson). Muitas vezes os astros que atraem bilheteria participam do desenvolvimento para garantir o financiamento de um filme caro. Os maiores atores americanos cobram até US$30 milhões por filme e ainda recebem uma parcela do lucro. Já os menos conhecidos tendem a ser contratados na fase de pré-produção, que envolve as atividades preparatórias da produção - a filmagem propriamente, seleção de elenco, definição de locações, pesquisa histórica e criação do storyboard.

*

"Cinema"
Autor: Ronald Bergan
Editora: Zahar
Páginas: 510
Quanto: R$ 52,30 (preço promocional*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativo com outras promoções da Livraria da Folha. Em caso de alteração, prevalece o valor apresentado na página do produto.

 
Voltar ao topo da página