Saltar para o conteúdo principal
 
01/02/2012 - 21h00

Dilma sentiu solidão ao sair da cadeia, diz biografia

da Livraria da Folha
Texto baseado em informações fornecidas pela editora da obra.

Presa durante a ditadura militar, Dilma Rousseff sentiu-se solitária quando foi libertada. "Quando saí da cadeia, eu senti uma coisa muito forte; eu senti uma grande solidão. Quem eu conhecia ou estava na cadeia, ou tinha saído do Brasil ou estava morto", relata na biografia "A Vida Quer é Coragem".

Divulgação
Conta a trajetória de Dilma Rousseff, a primeira presidente do Brasil
Livro acompanha a trajetória de Dilma, a 1ª presidente do Brasil

Leia um trecho do exemplar
Veja livro recomendado por Dilma
Siga a Livraria da Folha no Twitter
Conheça nossa página no Facebook
Visite a estante dedicada às biografias
Veja dez livros sobre ditadura

Dilma era estudante universitária durante o golpe de 1964 e se filiou ao grupo VAR-Palmares. Com 25 anos, sobreviveu a um ano de clandestinidade, mais de dois anos de cárcere e 22 dias de tortura.

Dos porões do DOI-Codi, a jovem foi levada ao Hospital Central do Exército com uma hemorragia provocada durante a sessão de tortura.

"Num artigo sobre a luta armada contra a ditadura, o sociólogo Marcelo Ridenti registrou a atuação de 434 mulheres em organizações clandestinas, das quais 43 foram mortas, a maioria sob tortura", conta o autor.

Escrito pelo jornalista Ricardo Batista Amaral, o livro refaz os caminhos que levaram Dilma Rousseff à presidência da República. O autor reserva espaço para a vida pessoal da chefe do executivo, como a luta contra o câncer.

*

"A Vida Quer é Coragem"
Autor: Ricardo Batista Amaral
Editora: Primeira Pessoa
Páginas: 336
Quanto: R$ 31,90 (preço promocional*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativo com outras promoções da Livraria da Folha. Em caso de alteração, prevalece o valor apresentado na página do produto.

 
Voltar ao topo da página