Saltar para o conteúdo principal
 
14/02/2012 - 15h00

Homem deseja ser apedrejado em ficção do Nobel V. S. Naipaul

da Livraria da Folha
Texto baseado em informações fornecidas pela editora da obra.

Com inspiração em episódios da infância de V. S. Naipaul (Nobel de Literatura de 2001), "Miguel Street" (Companhia das Letras, 2012) narra histórias vividas em uma rua homônima localizada em um bairro pobre de Trinidad, na América Central.

Nobel retrata história de indiano que compra casa em Trinidad
Monte sua estante com obras de V.S. Naipaul
Siga a Livraria da Folha no Twitter
Visite nossa página no Facebook

Divulgação
Nobel de Literatura conta história de rua pobre em Trinad, na América Central
Nobel conta história vividas em rua de Trinad, na América Central

Entre as pequenas narrativas, todas contadas por um mesmo garoto, nunca nomeado, está a história de Homem-homem, um indivíduo que insiste em ser crucificado e apedrejado. O personagem, no entanto, muda suas intenções quando atiram as primeiras pedras e ele se revolta.

O jovem condutor das histórias pinta uma paisagem onde os donos das carroças de lixo formam uma aristocracia e a violência doméstica é um lugar comum. Entre as estranhas figuras que desfilam neste cenário estão Bhakcu, considerado um gênio da mecânica e que acaba se tornando um líder espiritual, Laura, mãe de oito filhos com sete pais diferentes e Bogart, um sujeito que passa os dias a jogar paciência.

Naipaul nasceu em Trinidad em 1932, mas desde 1950 vive na Inglaterra. Durante quatro anos estudou no University College, em Oxford. Começou a escrever em 1954, já em Londres. Também é autor de "Uma Curva no Rio", "Uma Casa para o Sr. Biswas" e "Entre os Fiéis".

*

"Miguel Street"
Autor: V. S. Naipaul
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 224
Quanto: R$ 35,70 (preço promocional*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativo com outras promoções da Livraria da Folha. Em caso de alteração, prevalece o valor apresentado na página do produto.

 
Voltar ao topo da página