Saltar para o conteúdo principal
 
20/03/2012 - 11h00

Aprenda dez termos regionais do 'Dicionário do Palavrão'

da Livraria da Folha

Organizado por Mario Souto Maior (1920-2001), o "Dicionário do Palavrão e Termos Afins" (Editora Leitura, 2010) reúne mais de 3.000 formas de praguejar, ofender e dizer disparates na língua portuguesa. A obra traz termos regionais, vocábulos antigos e modernos. Uma pérola para os curiosos pela língua, para os amantes do besteirol ou para quem quer dar boas risadas.

Divulgação
Folclorista pesquisou mais de cinco anos e leu mais de 200 romances
Folclorista pesquisou mais de cinco anos e leu mais de 200 romances

Dicionário põe Jorge Amado no topo da ficção "boca-suja"
Drummond defendeu dicionário censurado pelos militares
Siga a Livraria da Folha no Twitter
Visite nossa página no Facebook

Um estudo sério, o volume tem prefácio de Gilberto Freyre (1900-1987) e levou mais de cinco anos de pesquisas para ser concluído. O autor fez entrevistas, leu mais de 200 romances brasileiros e distribuiu 8.000 formulários por todas as regiões do país para finalizar o exemplar.

Publicado originalmente em 1974, o dicionário sofreu censura dos militares. Foi relançado somente na década de 1980, durante o governo de João Figueiredo (1918-1999). A primeira edição esgotou rapidamente.

O "Dicionário do Palavrão e Termos Afins" está em promoção especial, na Livraria da Folha, de R$ 29,90 por R$ 12,90.

Aprenda dez termos regionais.

*

Ancoreta. Diz-se da prostituta que, depois de velha, fica sem atrativos físicos (Nordeste).

Brigite. Vulva depilada. (Centro-Oeste, Goiás, Sul, Santa Catarina). Abon.: "A brigite de Ingrid me lembra a glabra xuranha de uma adolescente" [CONRAD, Carlos. Foi sempre assim. Blumenau, SC, Edição do Autor, 1981, p. 461.

Cara de um e o cu do outro. Diz-se, no Nordeste, das pessoas que se parecem muito umas com as outras: "Só pode ser filho do compadre José. É a cara de um e o cu do outro."

Chicote de barriga. O pênis (Sul, Nordeste).

Falar com Miguel. Ir à privada (Nordeste, Sul).

Laranja caída na estrada. "Mulher pública, prostituta" (Nordeste, Bahia), registra Edson Carneiro (7).

Medir o chão. O mesmo que dar de corpo, defecar (Nordeste).

Moita (filho da). Diz-se de quem nasceu ilegalmente, às escondidas, no mato (Nordeste).

Paletó com medo de peido. Paletó muito curto (Nordeste).

Queimar a periquita. a) "Perder a virgindade, ter (a mulher) relações sexuais" (Nordeste), registra Mauro Mota (10); b) "Dispor-se ao que der e vier, estar disposto a tudo" (Nordeste), registra Leonardo Mota (38); c) "Zangar-se, ter uma explosão de cólera" (Nordeste), registra Hugo Moura (51); d) "Morrer", afirma Nelson Barbalho, citado por Mário Souto Maior (43).

*

"Dicionário do Palavrão e Termos Afins"
Autor: Mário Souto Maior
Editora: Editora Leitura
Páginas: 216
Quanto: R$ 12,90 (preço promocional*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativo com outras promoções da Livraria da Folha. Em caso de alteração, prevalece o valor apresentado na página do produto.

Texto baseado em informações fornecidas pela editora/distribuidora da obra.

 
Voltar ao topo da página