Saltar para o conteúdo principal
 
02/04/2013 - 09h00

Dia do Livro Infantil celebra o aniversário de Hans Christian Andersen

da Livraria da Folha

Divulgação
O autor, nascido na Dinamarca em 1805: considerado o pai do conto de fadas moderno
Nascido na Dinamarca e reverenciado no mundo, autor é o pai do conto de fadas

Autor de clássicos como "O Patinho Feio", "O Valente Soldadinho de Chumbo" e "A Pequena Sereia", o dinamarquês Hans Christian Andersen (1805-1875) é considerado o pai do conto de fadas moderno -- ele escreveu mais de 150 histórias, a grande maioria baseadas em suas próprias experiências.

Veja lista com principais obras de Hans Christian Andersen

Comemora-se em 2 de abril o Dia Internacional do Livro Infantil em homenagem ao aniversário de Andersen. O escritor também empresta seu nome ao prêmio mais importante da literatura infantil, apelidado de "Pequeno Prêmio Nobel".

A biografia controversa de Andersen ajuda a explicar o conteúdo de suas histórias infantis, sempre associados ao sentimento de fragilidade e marginalidade e ao poder da amizade.

Filho de um sapateiro que morreu quando ele tinha 12 anos de idade, o autor teve muitas dificuldades para se educar, até que fora adotado por uma família abonada. Era também muito alto e sentia-se desconfortável por ter traços delicados e voz fina.

Além de contos de fada, Andersen escreveu peças de teatro, canções patrióticas e histórias para adultos --a partir de sua produção intelectual, destacou-se em seu país e em muitas outras nações do mundo, nas quais seus contos são passados geração para geração.

Texto baseado em informações fornecidas pela editora/distribuidora da obra.

 
Voltar ao topo da página