Saltar para o conteúdo principal
 
17/08/2012 - 20h30

Conheça José de San Martín, herói para latino-americanos

da Livraria da Folha

No dia 17 de agosto de 1850, morria o general argentino José Francisco de San Martín y Matorras. Como herói latino-americano, San Martín pode ser apenas comparado a Simon Bolívar (1783-1830) e Ernesto Che Guevara (1928-1967), seu conterrâneo. O militar participou ativamente das independências da Argentina, do Peru e do Chile.

Reprodução
José de San Martín que lutou pela independência da Argentina
José de San Martín que lutou pela independência da Argentina

Siga a Livraria da Folha no Twitter
Conheça nossa página no Facebook

O Brasil é um caso único na América. Diferente de outros libertadores, dom Pedro 1º era príncipe regente e herdeiro natural da coroa portuguesa, nascido em solo lusitano. Bolívar e San Martín, responsáveis pela independência de países da América Latina, não eram oriundos da alta nobreza. O mesmo pode-se dizer do norte-americano George Washington (1732-1799), que lutou contra os ingleses e se tornou o primeiro presidente de seu país.

Abaixo, conheça alguns livros sobre o tema.

"As Veias Abertas da América Latina", escrito por Eduardo Galeano, tornou-se um clássico sobre o assunto. O autor analisa os mecanismos de poder, os modos de produção, os sistemas de expropriação e problemas do continente.

Historiadores europeus e norte-americanos também se interessaram pelo tema. Editado originalmente pela Universidade de Cambridge, "América Latina Colonial" (Vol. 2) aborda as estruturas sociais e econômicas, os intelectuais e a cultura.

"Americanidade e Latinidade da América Latina e Outros Textos Afins" é uma compilação de textos de Gilberto Freyre (1900-1987). A obra foi escrita enquanto o sociólogo viajava em lua-de-mel pela América do Sul.

Texto baseado em informações fornecidas pela editora/distribuidora da obra.

 
Voltar ao topo da página