Saltar para o conteúdo principal
 
11/06/2013 - 14h40

Livro explica origem de Fulano, Beltrano e Sicrano

da Livraria da Folha

Usados para designar um indivíduo não identificado, com nome verdadeiro sem importância ou pessoa hipotética de um exemplo, Fulano, Beltrano e Sicrano sofrem diariamente todo o tipo de injúria e difamação. Porém, de onde vieram esses sujeitos?

Divulgação
A coleção "O Guia dos Curiosos" já vendeu mais de 400 mil exemplares
A coleção "O Guia dos Curiosos" já vendeu mais de 400 mil exemplares

Em "O Guia dos Curiosos: Língua Portuguesa", Marcelo Duarte resgata a história desses ilustres desconhecidos da língua.

Segundo o autor, Fulano vem do árabe, fulân, e foi incorporado à língua espanhola no século 13. Beltrano tem origem no nome próprio Beltrão, usado frequentemente em novelas de cavalarias e muito popular na península Ibérica. Sicrano também nasceu da língua árabe, "sicrán" ou "sacrán" significa bêbado.

Sobre de como surgiram os apelidos, o professor Júlio César Assunção Pedrosa conta, no livro, que era um artifício usado desde a antiguidade para distinguir pessoas com mesmo nome, alguns eram incorporados aos sobrenomes.

No livro, o autor apresenta nomes verdadeiros e suas origens, além de palavras cotidianas que procedem dos persas, hebreus, russos, japoneses, norte-americanos, franceses, espanhóis, árabes, bascos e celtas.

*

"O Guia dos Curiosos: Língua Portuguesa"
Autor: Marcelo Duarte
Editora: Panda Books
Páginas: 424
Quanto: R$ 43,90 (preço promocional*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativo com outras promoções da Livraria da Folha. Em caso de alteração, prevalece o valor apresentado na página do produto.

Texto baseado em informações fornecidas pela editora/distribuidora da obra.

 
Voltar ao topo da página