Saltar para o conteúdo principal
 
17/01/2014 - 20h36

Inundações acompanham a história de São Paulo

da Livraria da Folha

Se toda a vez que chove você fica com a impressão que alagamentos sempre aconteceram em sua vizinhança, o historiador José Augusto Pádua confirma sua suspeita. Segundo o professor, "não é nenhuma novidade que aconteçam inundações".

Divulgação
Livro reconstitui pela primeira vez a crítica ambiental nos séculos 18 e 19
Livro pioneiro reconstitui a crítica ambiental nos séculos 18 e 19

A cidade de São Paulo não é conhecida como terra da garoa por acaso. Nesta região do Brasil, há registros históricos de enchentes desde o descobrimento, mas, sem dúvida, a ação humana provocou um aumento considerável do problema.

Pádua é autor de "Um Sopro de Destruição: Pensamento Político e Crítica Ambiental no Brasil Escravista (1786-1888)", no qual analisa cerca de 150 documentos sobre a crítica ambiental nos séculos 18 e 19, textos praticamente esquecidos pela história brasileira.

Para Regina Horta Duarte, do departamento de história da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), "livros como esse contribuem para alçar-nos para além do 'sopro da destruição', trazendo a chance, em nosso presente, de um 'sopro de esperança' que frutifique a possibilidade de um futuro".

*

UM SOPRO DE DESTRUIÇÃO
AUTOR José Augusto Pádua
EDITORA Zahar
QUANTO R$ 48,25 (preço promocional*)

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques.

 
Voltar ao topo da página