Saltar para o conteúdo principal
 
28/04/2015 - 10h29

Mussolini foi executado pelo povo que supostamente o adorava

da Livraria da Folha

Com o fracasso do Eixo na Segunda Guerra Mundial (1939-45), Benito Mussolini foi capturado e levado para Milão em 28 de abril de 1945. Após um julgamento feito por membros ligados à Resistência, o duce e Clara Petacci, sua amante, foram executados.

Mussolini, que comandava a Itália dez anos antes da ascensão de Adolf Hitler (1889-1945) ao poder na Alemanha, terminou pendurado de cabeça para baixo para exibição pública, morto pelo povo que supostamente o adorava.

Em 25 do mesmo mês, Mussolini e alguns de seus colaboradores fiéis tentavam escapar da morte. Os três dias que precedem a execução são investigados pelo historiador francês Pierre Milza no livro "Os Últimos Dias de Mussolini".

Divulgação
Reconstitui e questiona as várias versões em torno das horas finais do duce
Questiona as várias versões em torno das horas finais do duce

Milza examina as condições que possibilitaram a captura do comboio fascista, o papel de norte-americanos e ingleses no fuzilamento e a possibilidade de que Mussolini estivesse com documentos que comprometiam Winston Churchill (1874-1965).

Filho de um ferreiro e de uma professora primária, Mussolini nasceu em Predappio, na região da Emília-Romanha. Foi expulso da escola e não era um bom aluno, mas conseguiu se tornar professor primário em 1902.

Mussolini entrou na política como um dos líderes do Partido Socialista Italiano. Depois da Primeira Guerra, ele rompe com seus companheiros de partido, estabelece o fascismo na Itália e encarcera Antonio Gramsci (1891-1937), teórico marxista, em 1926.

Professor do Instituto de Estudos Políticos de Paris, Milza dirige o Centro de Estudos da Europa do século 20 da Fundação Francesa de Ciências Políticas, especializou-se em relações internacionais, com peculiar interesse no regime fascista, e também assina a biografia "Mussolini". Leia trecho de "Os Últimos Dias de Mussolini".

*

Google Plus - Logo

OS ÚLTIMOS DIAS DE MUSSOLINI
AUTOR Pierre Milza
EDITORA Zahar
QUANTO R$ 46,90 (preço promocional*)
E-BOOK R$ 34,90 *

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques.

-

 
Voltar ao topo da página