Saltar para o conteúdo principal
 
23/04/2015 - 19h01

Conheça 'Dom Quixote de La Mancha', obra-prima de Cervantes

da Livraria da Folha

Publicado originalmente em 1605, com o título "As Aventuras do Engenhoso Fidalgo Dom Quixote de La Mancha", "Dom Quixote de La Mancha", escrito pelo espanhol Miguel de Cervantes, marca a história do romance moderno e o nascimento do mito quixotesco.

Divulgação
História do fidalgo que parte para lutar em nome da justiça
História do fidalgo que parte para lutar em nome da justiça

O clássico da literatura mundial narra as heroicas e delirantes peripécias do bravo cavaleiro que decidiu salvar o mundo.

Acompanhado de Sancho Pança, seu contraponto e fiel escudeiro, e de Rocinante, sua montaria, o cavaleiro da triste figura é um dos grandes defensores dos princípios morais e o estereótipo do herói medieval.

Nascido em 29 de setembro de 1547, Cervantes nem sempre foi bem-sucedido. Somente aos 58 anos, após diversas tentativas, publicou a obra que o tornou celebre. O segundo volume das aventuras de dom Quixote aparece apenas dez anos mais tarde, em 1615.

Quando jovem, lutou contra o Império Turco e ficou prisioneiro por cinco anos na África. De volta à sua terra natal, trabalhou como cobrador de impostos do governo, mas foi preso pelo roubo de parte do dinheiro arrecadado.

O dramaturgo morreu em 23 de abril de 1616. No mesmo dia, na Inglaterra, morria William Shakespeare. A data é tida como a coincidência mais triste da literatura mundial.

Texto baseado em informações fornecidas pela editora/distribuidora da obra.

-

 
Voltar ao topo da página