Saltar para o conteúdo principal
 
26/01/2016 - 17h10

'A Arte de Fazer Acontecer' apresenta estratégias para aumentar a produtividade

da Livraria da Folha

Divulgação
Especialista explica como a mente deve estar livre para criar, e não preocupada em reter informações
Especialista em produtividade explica como a mente deve estar livre para criar, e não preocupada em reter informações

Presente em mais de 50 países e baseado no conceito revolucionário da produtividade sem estresse, o método Getting Things Done (GTD) é considerado um dos mais eficazes do mundo.

Em "A Arte de Fazer Acontecer", o especialista em produtividade David Allen explica como a mente deve estar livre para criar, e não preocupada em reter informações. Para isso, ele desenvolveu o GTD, um sistema de gestão que promete colocar ordem no caos.

Publicada pela editora Sextante, a edição revisada e atualizada apresenta as novas tecnologias na gestão do fluxo de trabalho e as descobertas mais recentes da ciência cognitiva.

Por meio de cinco passos, é possível aprender a aplicar a regra dos dois minutos para esvaziar a caixa de entrada, reavaliar metas e manter o foco, planejar projetos de longo prazo e revisá-los semanalmente e controlar a ansiedade e a sobrecarga de trabalho.

Abaixo, leia um trecho do livro.

*

Bem-vindo a uma mina de ouro de insights e estratégias para ter mais energia e conseguir relaxar, ter mais clareza e ser mais concentrado em tudo o que fizer, de modo a atingir mais objetivos com bem menos esforço. Se você é como eu, deve gostar de fazer acontecer e de fazê-lo bem, e ainda querer aproveitar a vida, mesmo trabalhando tanto. Você não precisa eliminar uma coisa para ter outra. De fato, é possível fazer bem-feito e, ao mesmo tempo, curtir o momento, mesmo na rotina do trabalho.

Acho que eficiência é uma coisa boa. Pode ser que o que você faz seja realmente importante, interessante ou útil. Mas talvez não seja, e você precisa fazê-lo de qualquer forma. No primeiro caso, você quer conseguir o máximo de retorno, já que investiu tempo e energia; no segundo, você está doido para terminar o que está fazendo e se envolver em outras atividades, mas sem deixar nada pendente.

E, independentemente do que esteja fazendo, você com certeza gostaria de se sentir despreocupado, seguro de que está fazendo o que deve ser feito - sair com os colegas depois do expediente, admirar seu filho dormindo ou responder ao e-mail do cliente é exatamente o que você deveria fazer.

Meu principal objetivo ao escrever este livro era ensinar aos praticantes do método GTD como alcançar a máxima eficiência e ficar despreocupado. Depois de muitos anos compartilhando seus princípios, em contextos e para públicos diversos, posso garantir: ele funciona.

Você sabe se o que está fazendo é de fato o que deveria estar fazendo? Nenhum programa de computador, smartphone ou mentor estenderá o seu dia, tornará mais simples o trabalho ou tomará as decisões difíceis por você.

Quando usadas de maneira adequada, as ferramentas podem ajudá-lo nessas tarefas, mas não necessariamente garantirão controle e foco. Além disso, a partir do momento que elevar sua produtividade a determinado nível, você assumirá novas responsabilidades e adotará objetivos criativos, cujos desafios desprezarão qualquer fórmula, frase de efeito ou dispositivo móvel que tenham prometido eficiência total. Talvez você tenha estabelecido hábitos e ferramentas que funcionem por um tempo, mas uma mudança grande, como um novo emprego, a chegada do primeiro filho ou a compra da casa própria, testará sua sustentabilidade e poderá gerar um desconforto sério - se não um massacre!

No entanto, caso você não encontre nenhuma técnica ou ferramenta para melhorar a organização e a produtividade, tenho alguns métodos simples, fáceis de aprender, para aperfeiçoar a habilidade de lidar de maneira proativa e construtiva com as prioridades da vida. Ao longo do tempo, essas práticas se revelaram bastante viáveis tanto para quem está às voltas com o dever da escola quanto para quem precisa formular uma nova estratégia para a empresa.

Reuni neste livro três décadas de descobertas sobre produtividade pessoal e organizacional - um guia para maximizar o output e minimizar o input num mundo em que o trabalho é cada vez mais volumoso e mutável. Eu e meus associados treinamos algumas das pessoas mais brilhantes e ocupadas e as ajudamos a capturar, esclarecer e organizar todas as suas ações e seus compromissos. Meus métodos se provaram altamente eficazes em todos os níveis hierárquicos, em qualquer cultura, até mesmo em casa e na escola. Depois de anos orientando e preparando profissionais sofisticados e produtivos (e os filhos deles também!), não tenho dúvida de que o mundo está ávido por esse conhecimento.

Os altos executivos tentam se inserir em padrões elevados de execução e demandam isso de suas equipes, além de buscarem manter o equilíbrio de suas vidas pessoais. Eles sabem, e eu também, que, mesmo depois do expediente, ainda restam telefonemas não atendidos, tarefas a serem delegadas, pendências de reuniões, questões ainda não definidas, atribuições não gerenciadas e centenas (ou até milhares) de e-mails para lidar. Muitos executivos são bem-sucedidos porque as crises solucionadas e as oportunidades exploradas por eles são maiores que os problemas que admitem ou criam no escritório ou em casa. Considerando, porém, o atual ritmo do trabalho e da vida, esse equilíbrio costuma ser bastante questionado.

E o pior é que as pessoas não estão prestando atenção no que os filhos fazem na escola, se praticam esportes ou se questionam sobre a vida na hora de dormir. A angústia invade nossa sociedade: existe uma sensação de que deixamos de lado o que de fato deveríamos estar fazendo, o que cria uma tensão sem solução e que não dá descanso.

De um lado, precisamos de ferramentas que possam nos ajudar a concentrar as energias de maneira estratégica e tática, sem deixar passar nada. De outro, devemos cultivar hábitos mentais e desenvolver ambientes de trabalho capazes de evitar que entremos em colapso por causa do estresse. Necessitamos de padrões de trabalho e de estilos de vida que atraiam e retenham os melhores profissionais em nossas organizações, além de práticas pessoais e domésticas que fomentem a clareza, o controle e a criatividade em quem amamos e em nós mesmos.

Sabemos que essas informações são cruciais para as organizações, inclusive nas escolas, onde a maioria das crianças ainda não entende como esclarecê-las, como gerar resultados ou como chegar a eles. E também são indispensáveis para que possamos tirar vantagem de todas as oportunidades com que deparamos para acrescentar valor ao mundo.

[...]

*

A ARTE DE FAZER ACONTECER
AUTOR David Allen
TRADUTOR Afonso Celso da Cunha Serra
EDITORA Sextante
QUANTO R$ 34,90 (preço promocional *)

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques.

-

 
Voltar ao topo da página