Saltar para o conteúdo principal
 
21/02/2016 - 13h06

Último livro de C.S. Lewis sintetiza teologia, ciência e história da Idade Média

da Livraria da Folha

Um dos escritores mais prestigiados do século 20, C. S. Lewis é popularmente conhecido pela série "As Crônicas de Nárnia". Os livros, que apresentam um universo povoado por seres fantásticos e animais falantes, tiveram sua fama alavancada após o lançamento das adaptações cinematográficas, mas já haviam conquistado os corações de milhares de leitores muito antes disso.

Divulgação
Publicada postumamente, obra reúne uma série de conferências proferidas por C.S. Lewis na Universidade de Oxford
Publicada postumamente, obra reúne diversas conferências proferidas por C.S. Lewis na Universidade de Oxford

No entanto, o trabalho de C. S. Lewis não se resume somente à literatura fantástica. Um dos maiores especialistas em literatura inglesa de seu tempo, o britânico também se destacou por seus escritos cristãos. Além disso, foi um estudioso ávido pela leitura de fontes primárias (em latim ou inglês antigo e médio) que dominava um vasto repertório de literatura medieval e renascentista.

"A Imagem Descartada", que ganhou o subtítulo "Para Compreender a Visão Medieval do Mundo", foi o último livro escrito pelo autor. Publicada postumamente, a obra reúne uma série de conferências proferidas por C.S. Lewis na Universidade de Oxford.

Publicado pela É Realizações, o livro revela detalhes da visão de mundo medieval, proporcionando ao leitor um contexto histórico e cultural para a literatura da Idade Média e do Renascimento.

O autor escreveu o livro com o objetivo de preencher lacunas. Como muitos livros antigos podem parecer incompreensíveis ao leitor contemporâneo, sua intenção é introduzir uma espécie de mapa que oriente o leitor de livros antigos.

"Os homens medievais são livrescos. São, de fato, muito crédulos no que tange a livros. Consideram difícil de acreditar que qualquer coisa que um auctour antigo tenha dito seja simplesmente mentira. E herdaram uma coleção bem heterogênea de livros - judaicos, pagãos, platônicos, aristotélicos, estoicos, cristãos, primitivos, patrísticos. Ou (por uma classificação diferente) crônicas, poemas épicos, sermões, visões, tratados filosóficos, sátiras", escreve C.S. Lewis.

O livro apresenta como temas centrais a estrutura do universo medieval, a natureza dos seus habitantes, a noção de um universo finito, ordenada e mantida por uma hierarquia celestial, e as ideias da natureza.

"Descrever o universo imaginário geralmente pressuposto na literatura e na arte medievais não é o mesmo que escrever uma história geral da ciência e da filosofia medievais [...] A Idade Médica, como a maioria das eras, foi cheia de mudanças e controvérsias. Escolas de pensamento surgiram, lutaram e ruíram".

*

A IMAGEM DESCARTADA
AUTOR C. S. Lewis
TRADUTOR Gabriele Greggersen
EDITORA É Realizações
QUANTO R$ 50,90 (preço promocional *)

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques.

-

 
Voltar ao topo da página