Saltar para o conteúdo principal
 
15/11/2017 - 09h01

Monja Coen revela como o budismo pode ajudar a lidar com a depressão

da Livraria da Folha

Divulgação
Episódios de depressão vividos pela autora serviram de inspiração para as reflexões presentes na obra
Episódios de depressão vividos pela autora serviram de inspiração para as reflexões presentes na obra

"Não existe ninguém que, ao longo da vida, não tenha passado por alguma experiência de depressão, em algum nível", escreve a Monja Coen em "O Sofrimento É Opcional".

No livro publicado pela Bella Editora, a autora, considerada um dos principais nomes do budismo no Brasil, fala sobre como as práticas da religião podem ajudar a lidar com a depressão.

Ela escreve sobre o processo de iluminação de Sidarta Gautama, o Buda, e propõe uma reflexão a partir do primeiro discurso do Darma, conhecido como As Quatro Nobres Verdades.

Considerada um dos males do século 21, a depressão atinge mais de 320 milhões de pessoas no mundo segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Nascida em São Paulo (SP), em 1947, Cláudia Dias Baptista de Souza, a monja Coen, tornou-se mãe aos 17, trabalhou como repórter do "Jornal da Tarde", abusou de drogas e álcool e tentou o suicídio.

Após uma temporada na Europa, voltou ao Brasil e, apaixonada, mudou-se logo em seguida para os Estados Unidos com o namorado. Lá, começou suas práticas regulares de zazen. É autora de livros como "108 Contos e Parábolas Orientais" e "A Sabedoria da Transformação", entre outros.

*

O SOFRIMENTO É OPCIONAL
AUTORA Monja Coen
EDITORA Bella Editora
QUANTO R$ 37,90 (preço promocional*)

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques.

-

 
Voltar ao topo da página