Saltar para o conteúdo principal
 
06/08/2018 - 09h01

Autora reúne 151 dicas para lidar com pessoas difíceis no trabalho; veja algumas

da Livraria da Folha

É comum se deparar com situações delicadas ou constrangedoras no ambiente de trabalho. E muitos líderes e gestores, quando confrontados com colaboradores problemáticos, não possuem as habilidades necessárias para lidar com as relações de conflito e ficam completamente desestabilizados.

Em "151 Dicas Essenciais para Lidar com Pessoas Difíceis", Carrie Mason-Draften apresenta ferramentas fundamentais para desenvolver confiança e também analisar e solucionar as dificuldades de relacionamento no ambiente corporativo.

Desestimule o comportamento workaholic

Workaholic são pessoas com uma necessidade compulsiva e insaciável de trabalhar. Alguns workaholics, no entanto, são péssimos na gestão do tempo. Às vezes, trabalham até tarde porque desperdiçam muito tempo no almoço ou convivendo socialmente, precisando fazer algo para compensar esse comportamento. Por isso, ficam depois do expediente para concluir o trabalho que poderiam ter terminado mais cedo.

"Não favoreça os workaholics, em especial se você não souber o motivo de suas longas jornadas. Insista para que sigam o horário de trabalho da empresa, principalmente se você tiver de pagá-los pelas horas extras".

Divulgação
Autora apresenta ferramentas para desenvolver confiança e solucionar dificuldades no ambiente corporativo
Autora apresenta ferramentas para desenvolver confiança e solucionar dificuldades no ambiente corporativo

Não leve disputas para o lado pessoal

A proximidade pode produzir um ambiente tenso, principalmente por causa de interrupções repetidas e outras descortesias. Um estudo da Cornell University concluiu que "ambientes de escritório aberto, especialmente as baias, reduzem o desempenho e a produtividade individuais".

"O segredo para lidar com o conflito nesse ambiente compactado consiste em distanciar-se mentalmente. Comece por se lembrar de que um ambiente compacto exacerba as rivalidades. Se um colega já tiver uma personalidade difícil, é provável que as reações dele sejam ainda mais drásticas no ambiente de sardinha em lata de um escritório formado por baias".

Que almoço nojento!

Falar de boca cheia ou assoar o nariz durante as refeições é falta de educação, mas ainda assim muitos profissionais não seguem essas regras básicas de etiqueta. A autora compartilha uma experiência que teve em que quatro colegas assoaram o nariz durante a refeição - sem virar de costas nem pedir desculpas.

"Em um almoço com um dos transgressores, logo depois que ele assoou o nariz, informei-lhe que, por causa dele, estava tendo dificuldade para encarar meu iogurte. Ele se desculpou [...] É constrangedor apontar as falhas dos colegas, mas, se o preço por não apontá-las for muito alto, você precisa se manifestar".

Como lidar com o inconveniente crônico

Narcisista do escritório, o inconveniente crônico acredita que as próprias necessidades são as mais importantes, deseja que sejam atendidas na mesma hora e insiste para que o mundo inteiro faça isso.

"Você precisa estabelecer limites para as pessoas que interrompem as outras com frequência, pois elas não são capazes de fazer isso. Nas reuniões ou em conversas descontraídas, peça para que eles parem de interrompê-lo [...] Se você não estabelecer limites, o comportamento inoportuno norteará o relacionamento. E pessoas assim são muito imaturas emocionalmente para ficar no comando".

*

151 DICAS ESSENCIAIS PARA LIDAR COM PESSOAS DIFÍCEIS
AUTOR Carrie Mason-Draffen
EDITORA BestBolso
QUANTO R$ 24,90 (preço promocional*)

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques.

-

 
Voltar ao topo da página