Saltar para o conteúdo principal
 
03/12/2011 - 20h00

Bactérias e vírus são os verdadeiros protagonistas da história

da Livraria da Folha

Divulgação
Mostra como os microorganismos fazem parte da nossa formação histórica
Mostra como os micro-organismos fazem parte da nossa história

Stefan Cunha Ujvari é um infectologista que realizou um verdadeiro trabalho de historiador. Sua análise foi realizada de um modo que nem mesmo Eric Hobsbawm, um dos maiores historiadores de nossa era, pensou em fazer.

Siga a Livraria da Folha no Twitter
Conheça nossa página no Facebook
Visite a estante dedicada às ciências biológicas

Em "A História da Humanidade Contada pelos Vírus", Stefan redescobre o caminho do homem ao longo dos séculos por meio das doenças, como malária, sífilis, tuberculose, gripe e sarampo.

O autor coloca os micro-organismos como protagonistas reais do processo histórico, examinando quando e como as epidemias atuais se iniciaram e de que forma elas condicionaram a existência humana, dizimando populações, estimulando conflitos, infectando combatentes, promovendo êxodos, propiciando miscigenação, fortalecendo ou enfraquecendo povos.

O objetivo do volume é documentar, baseado na genética, e revelar a origem e o percurso das doenças infecciosas. Leia, abaixo, um trecho do exemplar.

*

"O século do genoma". Talvez assim venha a ser conhecido no futuro o século XXI. Direta ou indiretamente, o estudo do DNA está a nossa volta. Até programas populares de TV utilizam-se dele para alavancar sua audiência... Este livro aborda os avanços no entendimento do DNA ou RNA dos microrganismos causadores de doença ao homem. Essa nova ciência alia-se à Arqueologia para esclarecer parte da história da humanidade. Mais ainda, a obra revela como vírus e bactérias têm sido protagonistas centrais, não meros coadjuvantes, do processo histórico. Capazes mesmo de "narrar" a História.

Os cientistas já são capazes de resgatar vírus que infectaram animais ancestrais e que contribuíram para o surgimento dos animais placentários, inclusive o próprio homem. Nosso DNA contém suas pegadas. Identificamos as infecções que acometeram desde hominídeos ancestrais até o homem moderno, desde nossa separação dos macacos até as doenças adquiridas na África, inclusive a tuberculose - companheira eterna do homem.

Os microrganismos mostram a trajetória seguida pelo homem desde nossa saída do solo africano. Acusam também quais hominídeos o homem moderno pode ter encontrado pelo planeta (afinal, convivemos com o Homo erectus?). Revelam ainda nossa provável rota de entrada na América, a época em que iniciamos o uso de roupas etc. Sítios arqueológicos mostram, agora, a presença de DNA ou RNA de microrganismos e revelam parte do caos instaurado por esses agentes microscópicos.

O material genético dos microrganismos escondia parte da história da migração de animais, bem como a humana. Agora, começa a mostrar a globalização antiga e contínua dos germes, revela a história geográfica do planeta e a origem de muitas doenças humanas. Por meio do DNA e RNA desses germes podemos saber quando e como as epidemias atuais (como a dengue, tuberculose, AIDS, "gripe do frango", ebola, hepatite etc.) iniciaram se de maneira lenta e silenciosa anos e décadas atrás e de que forma elas condicionaram a existência humana, dizimando populações, estimulando conflitos, infectando combatentes, promovendo êxodos, propiciando miscigenação, fortalecendo ou enfraquecendo povos.

Um livro que traz a genética definitivamente para a área de ciências do homem. E que mostra que nunca mais se poderá fazer História como se fazia antes.

*

"A História da Humanidade Contada pelos Vírus"
Autor: Stefan Cunha Ujvari
Editora: Contexto
Páginas: 208
Quanto: R$ 29,60 (preço promocional*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativo com outras promoções da Livraria da Folha. Em caso de alteração, prevalece o valor apresentado na página do produto.

 
Voltar ao topo da página