Saltar para o conteúdo principal
 
14/04/2011 - 21h14

"O Apanhador no Campo de Centeio" carrega pecha de inspirar psicopatas

da Livraria da Folha

Siga a Livraria da Folha no Twitter
Comente a nota com seus seguidores
Divulgação
Clássico do autor é sucesso de público e crítica até hoje
Livro foi acusado de provocar desvios de comportamento

"O Apanhador no Campo de Centeio", o clássico da literatura norte-americana escrito por J. D. Salinger, carrega a sina de ser um péssimo exemplo para a juventude.

No dia 8 de dezembro de 1980, Mark David Chapman assassinou a tiros o ídolo John Lennon. Quando foi encontrado pela polícia, Chapman carregava uma cópia do livro nos braços.

Enquete: Você já leu "O Apanhador no Campo de Centeio"?

John Hinckley Jr., o homem que tentou matar Ronald Reagan em abril de 1981, também diz ter sido inspirado pelo livro de Salinger para matar o presidente.

A lenda de que o volume servia como motivação para comportamentos perigosos entrou para o imaginário coletivo. Em 1997, estrelado por Mel Gibson e Julia Roberts, utilizou a temática no filme "Teoria da Conspiração". Além dos cinemas, bandas como Green Day, Pearl Jam e Nine Stories também foram influenciadas pelo autor.

 
Voltar ao topo da página