Saltar para o conteúdo principal
 
11/12/2010 - 07h04

No aniversário de morte de dona Leopoldina, conheça a vida da imperatriz

da Livraria da Folha

Divulgação
Esta obra, do mesmo autor de "1808", percorre 14 anos de história
Este volume, do mesmo autor de "1808", percorre 14 anos de história

A princesa austríaca que veio da Europa para se casar com dom Pedro 1º (1798-1834), Carolina Josefa Leopoldina Francisca Fernanda de Habsburgo-Lorena, ou simplesmente dona Leopoldina, morreu em 11 de dezembro de 1826, no Rio.

Nascida em Viena, no dia 22 de janeiro de 1797, conta-se que ela foi a idealizadora da bandeira nacional, mas Leopoldina se decepcionou com o Brasil. Alguns anos depois de chegar ao país, a imperatriz tornou-se desleixada, deprimida e cheia de dívidas.

Siga a Livraria da Folha no Twitter
Siga a Livraria da Folha no Twitter

Publicado pela Nova Fronteira, selo da Ediouro, "1822" trata do período que abrange a volta da corte portuguesa para Lisboa, em 1821, até a morte de d. Pedro 1º.

O livro, escrito por Laurentino Gomes, é sequência da saga luso-brasileira iniciada em "1808", best-seller que vendeu mais de 600 mil exemplares.

Visite a estante dedicada às ciências humanas

 
Voltar ao topo da página