Saltar para o conteúdo principal
 
28/12/2010 - 16h07

Anjos disputaram atenção de público jovem com vampiros em 2010

da Livraria da Folha

Os anjos tentaram tomar o lugar pertencente aos vampiros em 2009. A literatura voltada para o público jovem mudou seu foco da escuridão para a luz. Ainda que as criaturas das não tenham desaparecido - séries como "Diários do Vampiro" e "House of Night" seguiram com novos volumes e Stephenie Meyer chegou a publicar um livro inédito - os seres celestiais marcaram sua presença.

Sem ter sido escrito para o público teen, o fenômeno de vendas nacional foi "A Batalha do Apocalipse". Eduardo Spohr se tornou o único brasileiro entre os dez livros mais vendidos de ficção. Lançado de forma independente, a história do fim do mundo criou um grupo de fãs na internet. Quando foi publicado pela editora Verus, o boca a boca e o burburinho virtual atraiu os olhares de quem não o conhecia ainda.

Divulgação
Histórias de anjos e vampiros dominaram o mercado editorial voltado ao público teen em 2010
Histórias de anjos e vampiros dominaram o mercado editorial voltado ao público teen em 2010

Tentando conquistar o público de "Crepúsculo" está outro best-seller. "Fallen" conta a história de um anjo apaixonado por uma mortal, mas cada vez que ele se aproxima o suficiente para que ela se lembre quem ele é, a jovem morre. Ele é um caído e acaba por envolvê-la numa disputa com os céus.

Outro celestial perdido é o atraente personagem de "Sussurro". Uma simples colegial sente-se atraída pelo misterioso colega de classe. Quando ela decide abraçar os sentimentos que tem descobre que a história dos dois pode significar a salvação ou completa perdição do amado. Os dois terão continuações previstas para chegarem em 2011.

"Beijada por um Anjo" é uma trilogia, cujo último volume acaba de sair. Diferente dos outros, conta como uma tragédia separou um casal de namorados e abalou a fé da garota. Tristan nunca acreditou em anjos, até morrer e tornar-se um. Enquanto vaga pelo mundo, precisa descobrir qual a sua missão na Terra e tenta recuperar o amor que perdeu.

Em "Halo", a menina é o ser celestial. Ela e outros dois chegam à uma pacata cidade para protegê-la de forças do mal que se aproximam. Para poderem agir, disfarçam-se de seres humanos, mas uma deles acaba se apaixonando por um mortal, comprometendo toda a missão.

Em 2011, anjos e vampiros devem continuar disputando atenção do público jovem. Até surgir uma nova criatura sobrenatural romantizada.

 
Voltar ao topo da página