Saltar para o conteúdo principal
 
04/05/2011 - 09h00

"O Brasil que Veio da África" apresenta tema da escravidão para crianças

da Livraria da Folha

Divulgação
"O Brasil que Veio da África" narra saga de rei africano traído por colegas
"O Brasil que Veio da África" narra saga de rei africano traído por colegas

"O Brasil que Veio da África" reúne a contadora de histórias Arlene Holanda e o ilustrador Maurício Veneza, e juntos, resgatam as tradições orais para apresentar as raízes de nossa nação.

O conto destaca o espírito livre de seus personagens, um rei africano e seus amigos, e a eterna luta por justiça, o amor pela natureza, o árduo trabalho para alimentar a família e a bondade com o próximo.

A obra serve como uma forma de introduzir o tema da escravidão e a ganância do homem. Com o andar da história, as crianças podem acompanhar como a cobiça pode ser perigosa e cruel, e que por muito tempo os negros sofreram com o racismo e traições do próprio povo.

É claro que a história também mostra o lado bom das coisas, a superação e união dos que querem o bem e simplesmente viver em paz.

Em "O Brasil que Veio da África", o leitor encontra no final do livro um glossário com palavras como lundu (gênero musical) e miçanga (bijuterias de matérias variadas), além de pequenos textos complementares explicando as manifestações culturais, religião e o tráfico negreiro.

 
Voltar ao topo da página