Saltar para o conteúdo principal
 
09/06/2011 - 20h00

Biografia de Einstein analisa os erros do físico

da Livraria da Folha

Divulgação
Apresenta as falhas que foram ofuscadas pelo sucesso de suas teorias
Biografia traz falhas que foram ofuscadas pelo sucesso

Em "Os Erros de Einstein", Hans C. Ohanian retira Albert Einstein (1879-1955) de seu pedestal e apresenta as falhas que foram ofuscadas pelo sucesso de suas teorias.

"Esta biografia é como uma investigação judiciária, que disseca com minúcia os erros científicos de Einstein. Ela trata apenas tangencialmente dos erros na vida pessoal dele, a qual já foi bastante exposta por alguns dos seus biógrafos", explica o autor.

O livro não tenta tripudiar ou diminuir as conquistas do Nobel de Física (1921), mas arriscar-se em humanizá-lo "e quem sabe de repente dizer, 'Albert, mas isso é uma idiotice!'", conclui Ohanian.

Veja, abaixo, a cronologia dos erros extraída do exemplar.

*

Cronologia dos Erros de Einstein

1905 Erro no procedimento da sincronização dos relógios em que Einstein baseou a relatividade especial.
1905 Deixa de considerar o experimento de Michelson-Morley.
1905 Erro na "massa transversa" de partículas em alta velocidade.
1905 Erros múltiplos na matemática e na física usados no cálculo da viscosidade dos líquidos, a partir do qual Einstein deduziu o tamanho das moléculas.
1905 Erros nas relações entre radiação térmica e quanta da luz.
1905 Erro na primeira prova de E = mc2.
1906-1907 Erros na segunda, terceira e quarta provas de E = mc2.
1907 Erro no procedimento de sincronização para os relógios acelerados.
1907-1915 Erros no Princípio de Equivalência da gravitação e da aceleração.
1911 Erro no primeiro cálculo da curvatura da luz.
1913 Erro na primeira tentativa de uma teoria da relatividade geral.
1914 Erro na quinta prova de E = mc2.
1915 Erro no experimento Einstein-De Haas.
1915 Erros em diversas tentativas em teorias da relatividade geral.
1916 Erro na interpretação do princípio de Mach.
1917 Erro na apresentação da constante cosmológica (o "maior disparate").
1919 Erros nas duas tentativas de modifi car a relatividade geral.
1925-1955 Erros e mais erros nas tentativas de formular uma teoria unifi cada.
1927 Erros nas discussões com Bohr sobre as incertezas quânticas.
1933 Erro na interpretação da mecânica quântica ("Deus joga dados?")
1934 Erro na sexta prova de E = mc2.
1939 Erro na interpretação da singularidade e do colapso gravitacional de Schwarzschild (o "buraco negro").
1946 Erro na sétima prova de E = mc2.

*

"Os Erros de Einstein"
Autor: Hans C. Ohanian
Editora: Larousse
Páginas: 448
Quanto: R$ 50,90 (preço promocional)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

 
Voltar ao topo da página