Saltar para o conteúdo principal
 
20/07/2011 - 19h00

Colégio recebe autobiografia de rabino para debater o nazismo

da Livraria da Folha

Divulgação
história do menino que sobreviveu ao campo de concentração de Buchenwald
História do menino que sobreviveu ao campo de concentração nazista

A editora Leitura doou exemplares do recém-lançado "Lúlek" para o projeto Shoah, iniciativa que debate o holocausto com alunos desde 2007. Coordenado por Vania Eragus, o programa foi idealizado e é mantido por professores do colégio estadual Professor Júlio Szymanski, em Araucária (PR).

O livro é a autobiografia de Israel Meir Lau, grão-rabino de Israel, considerado o mais jovem sobrevivente do campo de concentração de Buchenwald, em Thüringen, leste da Alemanha.

Lúlek, como era chamado pela mãe, testemunhou as atrocidades realizadas pelos nazistas. Anos depois, o menino deu continuidade a uma dinastia rabínica de mais de mil anos e tornou-se grão-rabino.

Narrado em primeira, o autor debate outras questões, como a soberania de Israel, o conflito com palestinos e a posição do judaísmo no mundo contemporâneo.

Visite a estante dedicada à educação
Siga a Livraria da Folha no Twitter

*

"Lúlek"
Autor: Israel Meir Lau
Editora: Leitura
Páginas: 524
Quanto: R$ 51,00 (preço promocional de lançamento*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativo com outras promoções da Livraria da Folha. Em caso de alteração, prevalece o valor apresentado na página do produto.

 
Voltar ao topo da página