Saltar para o conteúdo principal
 
28/07/2011 - 20h00

Felicidade é uma meta absurda, diz "A Era da Loucura"

da Livraria da Folha

Divulgação
Livro investiga como a felicidade se tornou uma conquista absurda
Autor investiga como a felicidade tornou-se uma conquista absurda

Dinheiro, juventude eterna, sucesso. O que é necessário para ser feliz no mundo atual? Para Michael Foley, autor de "A Era da Loucura", o século 21 transformou a conquista da felicidade em uma meta absurda.

"Quem não ansiou ser mais jovem, mais rico, mais talentoso, mais respeitável, mais celebrado e, acima de tudo, mais atraente sexualmente? Quem não se sentiu merecedor de mais, e ressentido quando esse mais não chegou? É possível que um africano faminto se sinta menos injustiçado que um ocidental de meia-idade que nunca recebeu sexo oral", examina Foley.

O livro, que acaba de ser publicado no Brasil pela editora Alaúde, reúne nomes da filosofia, literatura, psicologia e neurociência para investigar uma sintomática insatisfação generalizada do Ocidente.

O irlandês Michael Foley é professor de tecnologia da informação em Londres. Ele já publicou quatro romances, quatro coletâneas de poesia e traduziu poemas franceses. "A Era da Loucura" é seu o primeiro título de não ficção.

Siga a Livraria da Folha no Twitter
Visite a estante dedicada às ciências humanas

*

"A Era da Loucura"
Autor: Michael Foley
Editora: Alaúde
Páginas: 232
Quanto: R$ 34,00 (preço promocional*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativo com outras promoções da Livraria da Folha. Em caso de alteração, prevalece o valor apresentado na página do produto.

 
Voltar ao topo da página