Saltar para o conteúdo principal
 
17/09/2011 - 09h00

Bumbum durinho e coxas torneadas com "Pilates para Fazer em Casa"

da Livraria da Folha

Divulgação
Guia com programas elaborados para se fazer em 15, 30 e 45 minutos
Guia com programas elaborados para se fazer em 15, 30 e 45 minutos

"Pilates para Fazer em Casa" é um verdadeiro incentivo para moldar definitivamente seu corpo de uma forma saudável e com uma filosofia do bem-estar.

A instrutora Alycea Ungaro usa de todo seu conhecimento para transmitir de forma positiva a essência do movimento, a dinâmica do espaço e a construção do corpo como resultado de uma experiência sensorial alegre e relaxante.

Em um texto que acompanha a ideia do Pilates, um breve histórico contextualiza o leitor a respeito da prática, narra como Joseph Pilates --o criador do método-- descobriu a força e liberdade do corpo e apresenta com o auxílio de muitas ilustrações uma série de exercícios que serão executados pelos alunos-leitores.

Os movimentos foram selecionados para serem praticados em casa e podem compor programas de 15, 30 e 45 minutos. Ao final da obra, dicas sobre uma dieta alimentar para complementar os exercícios é descrita.

Confira a seguir algumas informações importantes que a instrutora Ungaro ensina para os novos praticantes.

*

"Pilates é o mesmo que ioga."
Joe Pilates bebeu de diversas fontes diferentes para criar seu trabalho. Embora o pilates seja claramente influenciado por certas posturas da ioga, a estrutura do sistema do pilates e o foco nos elementos físicos, em oposição ao foco espiritual da ioga, as diferenciam totalmente. (...)

"É preciso utilizar sempre os aparelhos no pilates."
De maneira nenhuma. Em sua primeira geração, o pilates consistia de exercícios de solo. A seguir vieram os experimentos com molas e depois os equipamentos completos. Os alunos avançados de pilates sabem muito bem que o trabalho no mat é uma rotina à qual sempre voltamos. Sempre dizemos que é a "base do método", mas é também a "coroa" dele. (...)

"Pilates é um tipo de terapia física."
Na verdade, Pilates chamava seu sistema de "exercícios corretivos". Embora muitas pessoas argumentem que o método é terapêutico por definição, ele não foi criado unicamente com o propósito da reabilitação física. O condicionamento geral era o objetivo principal e, se um joelho frágil se fortalecesse ou um mau alinhamento corporal melhorasse ao longo do caminho, tanto melhor. (..)

*

"Pilates para Fazer em Casa"
Autora: Alycea Ungaro
Editora: Publifolha
Páginas: 256
Quanto: R$ 42,90 (preço promocional, por tempo limitado)
Onde comprar: Pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

 
Voltar ao topo da página