Saltar para o conteúdo principal
 
18/10/2011 - 17h00

Conheça o jornalista que arruinou a carreira por defender Fidel

da Livraria da Folha

Herbert Lionel Matthews (1900-1977), repórter veterano e correspondente de guerra, arruinou sua reputação de 45 anos de jornalismo por defender Fidel Castro. Devido ao medo cultivado durante a Guerra Fria, Matthews foi considerado traidor e ameaçado por exilados cubanos.

Reprodução
Autor investiga como jornalista arruinou a carreira ao defender Fidel
Autor investiga como jornalista se arruinou ao defender Fidel Castro

Siga a Livraria da Folha no Twitter
Visite a estante dedicada às ciências humanas
Compre livros da Companhia das Letras com 50% de desconto

Em 1957, Fulgencio Batista (1901-1973) divulgou que Fidel e outros revolucionários estavam mortos após uma tentativa frustrada de invadir o leste da ilha. Matthews entrevistou o líder rebelde, expondo mentiras do ditador e descrevendo Castro como "um homem de ideais, de coragem e de notáveis qualidades de liderança".

Os detalhes da história do jornalista podem ser conhecidos no livro "O Homem que Inventou Fidel", escrito por Anthony DePalma. No texto, o autor debate outras questões, como a responsabilidade da imprensa e sua delicada relação com a política.

Em comemoração aos 25 anos da editora Companhia das Letras, o título ganhou desconto especial.

*

"O Homem que Inventou Fidel"
Autor: Anthony DePalma
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 400
Quanto: R$ 29,50 (preço promocional*)
Onde comprar: pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da "[Livraria da Folha]":

* Atenção: Preço válido por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativo com outras promoções da Livraria da Folha. Em caso de alteração, prevalece o valor apresentado na página do produto.

 
Voltar ao topo da página