BB testa transações financeiras pelo Messenger do Facebook

Projeto piloto terá participação de 1.000 clientes

Apple Watch e Facebook Messenger são apresentados durante evento em San Francisco
Apple Watch e Facebook Messenger são apresentados durante evento em San Francisco - Beck Diefenbach - 9.set.2015/Reuters
Filipe Oliveira
São Paulo

O Banco do Brasil lançou um projeto piloto permitindo que seus clientes façam transações a partir do aplicativo Messenger, do Facebook.

A primeira etapa dos testes está habilitada para 1.000 clientes e conta com um grupo de funcionários.

Os consumidores poderão consultar o saldo de suas contas e obter informações relacionadas a cartão de crédito, como fatura, solicitação de 2ª via e desbloqueio.

Nos próximos dias também estarão disponíveis consultas de saldo e extrato da poupança, assim como o extrato de fundos de investimento.

O projeto é feito a partir do sistema Watson, de inteligência artificial da IBM. Também conta com parceria da Visa.

Para obter as informações, os clientes devem conversar, a partir de mensagens de texto, com um chatbot (assistente robô) do banco a partir do aplicativo de bate-papo.

O BB mantém seu chatbot no Messenger desde agosto do ano passado. Atualmente ele é usado para tirar dúvidas de clientes.

O robô realizou 500 mil interações com cerca de 60 mil consumidores. A interação pelo chatbot representa 70% dos atendimentos feitos pelo BB na rede social.

Em nota, o Banco do Brasil diz que sua estratégia prevê o aprimoramento cada vez maior das respostas via inteligência artificial e a integração das interações com os sistemas de informação do banco.

Com isso, busca-se "prestar um atendimento completo, personalizado e que antecipe as necessidades dos clientes", afirmou a empresa em nota.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.