Influenciada por doc, rainha Elizabeth quer banir descartáveis

Canudos e plásticos devem sumir das propriedades da família real da Inglaterra

Mara Gama
São Paulo

A rainha Elizabeth 2ª vai proibir canudos, garrafas e copos plásticos nas propriedades da família real da Inglaterra, de acordo com reportagem do “The Telegraph”.

imagem da série "Blue Planet II", produzida pela BBC, que influenciou a Rainha Elisabeth a cortar plásticos descartáveis
imagem da série "Blue Planet II", produzida pela BBC, que influenciou a Rainha Elisabeth a cortar plásticos descartáveis - BBC

Segundo o jornal, a rainha foi influenciada pela série de documentários “Blue Planet II”, produzida pela BBC e narrada pelo naturalista David Attenborough, que mostra os efeitos da poluição do plástico nos mares e na vida marinha. A série já passou em mais de 20 países. 

Canudos e demais descartáveis plásticos vão ser gradualmente vetados em vários imóveis. Os fornecedores do Palácio de Buckingham e do Castelo de Windsor deverão substituir os itens de plástico por pratos de louça, copos de vidro ou de papel reciclável.

O palácio vai se tornar mais sustentável, com a instalação de painéis para captação de energia solar.

O governo está mobilizado para a redução dos plásticos. Em 2015, uma taxa de 5 centavos de libra foi acrescentada ao preço das sacolas, o que levou a uma economia de 9 bilhões de unidades, de acordo com dados oficiais.

Na iniciativa privada, a onda começou antes. A rede de fast food  Starbucks tem várias iniciativas nesse sentido. Uma delas foi o aumento do preço dos copos descartáveis nas lojas centrais de Londres, para incentivar os clientes a mudar para copos reutilizáveis. 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.